Cheia de habilidade! Bailarina brasileira de 11 anos vence concurso da Royal Academy of Dance sem sair de casa

A iniciativa da instituição é incentivar a dança em tempos de pandemia. O prêmio é um par de sapatilhas assinada pela primeira bailarina do Birmingham Royal Ballet, Céline Gittens

Resumo da Notícia

  • A bailarina é Sophia Heringer, de 11 anos, moradora de Belo Horizonte, Minas Gerais
  • Sophia conquistou o primeiro lugar no concurso mundial Dance-Off
  • A iniciativa da Royal Academy of Dance é incentivar a dança em tempos de pandemia
  • O prêmio é um par de sapatilhas assinada pela primeira bailarina do Birmingham Royal Ballet, Céline Gittens

 

-Publicidade-
Sophia Heringer, de 11 anos, dança balé em casa (Foto: Reprodução/ Instagram @sophia_heringer_ballet)

A bailarina, Sophia Heringer, de 11 anos, moradora de Belo Horizonte, Minas Gerais, arrastou o sofá da sala para dançar nessa quarentena. Sophia conquistou o primeiro lugar no concurso mundial Dance-Off, promovido pela Royal Academy of Dance em Londres.

O concurso foi criado para estimular que bailarinos continuem dançando, mesmo em tempos de isolamento causado pela pandemia do novo coronavírus. O prêmio é um par de sapatilhas assinada pela primeira bailarina do Birmingham Royal Ballet, Céline Gittens, e uma aula online com uma professora inglesa.

-Publicidade-
Sophia que dança desde os dois anos de idade (Foto: Reprodução/ Instagram @sophia_heringer_ballet)

O pai da bailarina chegou a montar barras em casa para que filha pudesse treinar, a família sempre deu apoio a menina.“Ela é muito disciplinada e ensaia todos os dias. É um orgulho pra gente”, disse a Juliana Heringer, mãe de Sophia, para o G1.

-Publicidade-