Chocante! Irmãos são encontrados mortos de mãos dadas após afogamento em lago

O menino de 3 anos comemorava o aniversário com a família. Ele caiu na água e logo em seguida a irmã mais velha pulou para salvá-lo. Os dois não sobreviveram

Resumo da Notícia

  • Levent, de 3 anos, estava passeando com a família quando caiu em um lago na Turquia
  • A irmã mais velha e os familiares pularam na água para tentar salvá-lo mas ninguém sobreviveu
  • Os corpos do menino e da irmã foram encontrados juntos de mãos dadas

Os corpos de dois irmãos foram encontrados e retirados do fundo de um lago em Derinoz Dam, perto da cidade de Amasya, na Turquia. O menino Levent Cenik, de 3 anos, se afogou e a família não conseguiu salvá-lo.

-Publicidade-

Levent estava comemorando o terceiro aniversário no passeio em família. Enquanto caminhavam próximo ao lago, o menino caiu na água e se afogou. A família que estava com ele pulou para tentar salvá-lo, inclusive a irmã mais velha Havvanur Cenik, de 9 anos,  mas não conseguiram trazer o menino de volta à superfície.

A família não conseguiu salvar o menino (Foto: Shutterstock)

A irmã Havvanur, a avó Sultan, o tio Emrullah e a tia Elif Semiz, morreram tentando salvar a vida do garoto. De acordo com a equipe de resgate, os corpos sem vida de Levent Cenik, de três anos, e de sua irmã Havvanur Cenik, de nove, foram arrastados para fora da água após serem encontrados ainda de mãos dadas.

Irmãos foram encontrados de mãos dadas após o afogamento (Foto: Getty Images)

Segundo o portal Mirror, o diretor do Corpo de Bombeiros de Amasya, Selim Keles, contou: “Encontramos Elif Semiz a três metros do local onde ocorreu o incidente, e a avó, Sultan Cenik, no ponto em direção às paredes da barragem. Encontramos o tio a cerca de seis metros de distância”.

Ele também relatou: “Depois de um tempo, as crianças foram encontradas a uma profundidade de 10 metros. Duas das crianças estavam lado a lado e foram retiradas de mãos dadas”. O bombeiro lamentou: “Vivenciamos este incidente e estamos arrasados ​​como equipe”.

Beytullah Cenik e Gullu Cenik são os pais da criança e ficaram inconsoláveis ​​com a notícia. O casal mal conseguiram ficar de pé no funeral da família no dia seguinte. Os cinco corpos foram enterrados no cemitério da família após uma oração.