Covid-19: Anvisa autoriza aplicação de vacinas da Pfizer em crianças acima de 12 anos

A Anvisa autorizou nesta sexta-feira, 11 de junho, a aplicação da vacina Comirnaty, da Pfizer, em jovens de 12 anos ou mais. Um estudo feito no Brasil comprovou a eficácia do imunizante para esta faixa etária

Resumo da Notícia

  • Um estudo publicado pela Anvisa comprovou a eficácia da vacina da Pfizer para a imunização de crianças com mais de 12 anos contra a covid-19
  • Até então, essa vacina era segura apenas para jovens de 16 anos ou mais
  • A vacina Comirnaty, da Pfizer, é a única até agora  autorizada a ser aplicada em menores de 18 anos no Brasil
  • O Brasil recebeu mais 936 mil doses da Pfizer na última quarta-feira, 9 de junho

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) publicou nesta sexta-feira, 11 de junho, um estudo que comprova a segurança e eficácia da vacina Comirnaty, da Pfizer, para crianças de 12 anos ou mais. O imunizante da Pfizer contra o coronavírus foi o primeiro a conseguir registro definitivo no Brasil.

-Publicidade-

Os estudos foram realizados no Brasil e coordenados pela Anvisa. Até agora, essa vacina estava autorizada para jovens de 16 anos ou mais – e é a única no Brasil liberada a imunizar menores de 18 anos.

A vacina da Pfizer é a única autorizada a imunizar menores de 18 anos no Brasil (Foto: Unsplash)

Em entrevista ao portal CNN, a infectologista líder na área de vacinas da Pfizer, Julia Spinard, comentou sobre a eficácia da vacina na imunização deste grupo. “Os dados já foram publicados no New England Journal of Medicine há mais de uma semana e mostram que a vacina é segura nessa população, com uma eficácia de 100%”, declarou.

O Brasil recebeu o 10º lote de vacinas de Pfizer – com mais 936 mil doses para o estoque. A partir deste sábado, profissionais da área da educação básica com 18 anos ou mais já estão autorizados a receber a primeira dose da vacina contra a covid-19.