Covid-19: uso de óculos pode reduzir contaminação por coronavírus

Um estudo indiano explicou como o uso de óculos pode diminuir os riscos de contaminação por coronavírus de duas maneiras após analisar pacientes internados com a doença

Resumo da Notícia

  • O uso de óculos pode impedir gotículas e o contato direto aos olhos
  • Dessa maneira, os cientistas mostraram que há uma diminuição da contaminação por coronavírus
  • Vale lembrar que o estudo ainda é preliminar e precisa de mais testes

Um estudo, ainda em fase preliminar, liderado pelo cientista indiano Amit Kumar Saxena, indicou que o risco das pessoas que usam óculos se contaminarem por Covid-19 pode ser menor. Devido o SARS-CoV-2 ser transmitido através de gotículas respiratórias e vias de contato, o estudo sugere que “o uso prolongado de óculos pode evitar toques e fricções repetidas nos olhos”.

-Publicidade-
O uso de óculos pode evitar a contaminação por contato ou gotículas, como sugere o estudo (Foto: Getty Images)

Realizado com 304 pessoas no norte da Índia que contraíram ou não Covid-19, 58 deles disseram usar na maior parte do tempo óculos de sol ou de grau. De acordo com Amit Kumar, os resultados foram “estatisticamente significantes”. Segundo a pesquisa, da população geral, onde a taxa de contaminação é de 1,35%, o número cai para 0,48% nos pacientes de óculos.

Com isso, o risco de contaminação desses pacientes chegou a ser de 2 a 3 vezes menor na população que usa óculos. “O ducto nasolacrimal pode ser uma via de transmissão do vírus do saco conjuntival para a nasofaringe”, explica a pesquisa.
Anteriormente, na China, um outro estudo foi realizado também para medir a relação de transmissão entre os usuários de óculos. De um total de 276 pacientes internados com Covid-19 no hospital de Suizhou Zengdu, 16 deles tinham miopia e usavam óculos, um número considerado pequeno quando comparado ao todo.

-Publicidade-

Foi chamado a atenção ainda que apenas 5,8% dos pacientes internados com Covid-19 tinham miopia, enquanto na província a doença ocular chega a ser 31,5% na população. É estumado, assim como no estudo indiano, que a transmissão pode estar relacionada a “menos toques e fricção nos olhos durante o uso de óculos”.

Autoinfecção por Covid-19

No canal ocular, o estudo indiano aponta a possibilidade do paciente se autocontaminar a partir do contato. “A transmissão por contato ocorre pelo toque da face, nariz, boca e olhos após contato direto e fômites (objetos) usados pela pessoa infectada”, sugere o texto.

Mas, recentemente a revista científica Nature indicou a baixa possibilidade de transmissão por superfícies contaminadas. Apesar dos óculos terem uma baixa efetividade de transmissão via contato com relação ao toque, ele pode proteger contra as gotículas no ar.

Na província de Suizhou Zengdu, na China, 31,5% da população tem miopia (Foto: Shutterstock)

Mesmo com todas as pesquisas, os cientistas indianos sabem que os estudos ainda são inconclusivos e precisam de mais testes, pois houve um dificuldade de medir o uso de óculos no pico da pandemia, por exemplo. “Mais estudos devem ser feitos para conhecer o efeito do uso de óculos na epidemia de Covid-19”, concluem os pesquisadores.

-Publicidade-