Decoração de Natal inspira menina autista a falar pela primeira vez

Kaitlyn e a mãe, Marisabel, moram na Flórida, Estados Unidos

Ela nunca tinha falado antes (Foto: reprodução/ Getty Images)

Marisabel Figueroa recebeu a notícia de uma neurologista que a filha, Kaitlyn De Jesus, não seria capaz de falar pelo resto da vida devido ao grau de autismo que a menina tinha. Mas, aos 13 anos, ela impressionou a mãe quando finalmente falou pela primeira vez. As primeiras palavras de Kaitlyn foram: “Olhe as luzes azuis”.

-Publicidade-

A mãe e os vizinhos estão chamando de milagre de Natal, a menina autista não parou por aí. Permanecendo sob o brilho da exibição anual de luzes do vizinho, Don Weaver, Kaitlyn continuou apontando os bonecos de neve e o Papai Noel, segundo Marisabel.

“Eu estava apenas chorando. Eu não conseguia falar”, lembrou a mãe. Kaitlyn e a família têm visitado a casa decorada de Weaver, que apresenta várias luzes piscando com música, todos os anos nos últimos 10 anos. A exibição festiva sempre conseguiu fazer Kaitlyn dançar e sorrir, mas este ano foi diferente.

Anteriormente, a comunicação verbal de Kaitlyn limitava-se a repetir informações quando solicitadas. Mas foi a primeira vez que ela falou sobre o que estava vendo. Em entrevista ao Yahoo , Marisabel, mãe solteira de Mulberry, Flórida, nos Estados Unidos, reconheceu que a resposta da filha ao brilhante e barulhento programa de férias não é necessariamente típica de uma pessoa com autismo.

“Alguns deles têm muitos problemas sensoriais, mas por algum motivo. A música e as luzes não parecem incomodá-la”, explicou ela. Incrível, não é mesmo? Veja o vídeo, clicando aqui.

Leia também: 

Mãe fica envergonhada após ler mensagens que filho de 7 anos escreveu nos cartões de Natal

“Seja uma criança neste Natal”: veja o comercial que derreteu corações na internet

Ana Maria Braga compartilha foto das netas ao lado de árvore de Natal inusitada e surpreende internautas