Descubra quanto custou o chá revelação feito por Alok e Romana Novais para a filha

A festa foi feita no dia 12 de agosto, na cobertura do prédio onde mora o casal. A maneira inovadora de descobrir o sexo do bebê chamou a atenção dos seguidores e gerou até críticas

Resumo da Notícia

  • Alok e Romana Novais  descobriram o sexo do segundo filho no chá revelação
  • O luxo do evento gerou críticas entre os internautas
  • O casal já é pai de Ravi

O chá revelação feito por Alok e Romana Novais no dia 12 de agosto deu o que falar! O DJ e a médica descobriram o sexo do segundo filho depois que uma fumaça colorida saiu do topo de um prédio, de frente para o terraço do apartamento do casal.  Os pais de Ravi estão esperando por uma menina. Alguns internautas chegaram até a criticar o luxo da celebração, que, segundo empresas de eventos, deve ter custado por volta de 20 mil reais.

-Publicidade-
Eles estão esperando por uma menina! (Foto: reprodução / Instagram @romananovais @estudio_thalitacastanha)

Efeitos Especiais

No vídeo divulgados pela família, é possível notar que um barulho faz os dois olharem em direção ao prédio em frente na hora de revelação. Segundo o grupo MM, em entrevista para a UOL, o modelo escolhido por Alok e Romana é o estouro de fumaça no formato “torta de fogos”, que custa cerca de 4 mil reais.

“Para o uso de efeitos pirotécnicos quando se trata de um edifício, existe a necessidade de autorização e alvará. Há assessorias que cuidam dessas liberações ou a pessoa pode fazer por conta própria”, disse o gerente de novos negócios do Grupo MM, Bruno Palanti. A assessoria tem um custo de 8 mil reais, de acordo com o profissional.

-Publicidade-
A festa ficou em torno de 20 mil reais (Foto: reprodução / Instagram @romananovais @estudio_thalitacastanha)

Liberação do condomínio

Para usar os dois terraços dos prédios vizinhos foi necessário uma autorização, que, segundo o diretor da administradora de condomínios ADQ, Rodrigo Lemgruber, pode nem acontecer, visto que é uma área comum voltada a segurança. “Por ser uma questão estranha ao cotidiano condominial, uma demanda desse tipo precisa ser analisada caso a caso pelo síndico, pela administração e pelos condôminos”, afirmou. Mas, caso seja dada a autorização, o “aluguel” pode sair de graça.

O DJ e a médica são pais de Ravi (Foto: Reprodução / Instagram @romananovais @estudio_thalitacastanha)

Comes e bebes

Como a aglomeração não é recomendada durante a pandemia, aqui os custos foram reduzidos. Mesmo assim, Romana compartilhou no seu Instagram uma mesa decorativa com doces e alguns parentes que marcaram presença. No grupo MM, a decoração sairia em torno de 5 mil reais e o bufê para 20 pessoas por 3 mil.