Família

Está comprovado: viajar com os avós é mais divertido!

E existe alguém que ainda duvide disso?

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

No dia 26 de julho é comemorado o Dia dos Avós, isso a gente já falou demais e todo mundo já sabe. Mas o que poucos sabem é que os avós deixam qualquer passeio e viagem ainda mais divertido. E não somos nós que estamos falando, são os dados que comprovam.

Uma pesquisa realizada pelo AlugueTemporada e conduzida em novembro de 2017 por Maria Helena Bartholo e Daniel Becker, psicopedagoga e pediatra respectivamente, entrevistou mais de 2250 pessoas e concluiu que 87% dos viajantes acham que as viagens sem os avós perdem um pouco da graça.

Os dados ainda mostram que muitos concordam que viajar em família é a ocasião perfeita para se unir ainda mais, além de conhecer novos lugares e culturas juntos. Os avós ainda são super participativos na hora de planejar todo o passeio, dá para acreditar?

A pesquisa traz um número ainda mais divertido: 72% dos avós não se preocupam se os pais não podem viajar e acabam indo somente com os netos. Isso porque esses momentos proporcionam a criação de um laço afetivo ainda maior entre eles. Não tem como não amar, não é?

Seu filho deve passar muito tempo com os avós, sim!

A contribuidora do POPSUGAR, Laurel Niedospial, fez um desabafo sobre quanto tempo as crianças devem ficar com os avós. Nós, claro, amamos e sabemos que você vai se identificar MUITO! Veja:

“Há algumas coisas que eu me sinto um pouco culpada como mãe. Claro, talvez meu filho não deva ganhar um brinquedinho toda vez que formos a uma loja de departamento. Eu já entendi isso. Mas uma coisa sobre a qual nunca me sentirei culpada é a quantidade de tempo que ele passa com seus avós.

Eles simplesmente adoram passar tempo juntos. Em algumas manhãs a avó o leva a um museu ou recreio apenas para que ele retorne alimentado e exausto, pronto para uma soneca. Outros dias ela o pega depois do cochilo e eu não o vejo até a hora do jantar.

Eu não a pago por esses tempos, já que não é o trabalho dela. Sou grata pelo tempo que ela me dá para relaxar, limpar e passar tempo com meu