Foto de mãe que cobriu a filha com lençol para poder abraçá-la em meio a pandemia emociona qualquer um

“Vejo que os profissionais da saúde estão se sentindo muito isolados e não queria que isso acontecesse com ela”, disse Cheryl, que é mãe de Kelsey, enfermeira de UTI em Ohio, nos Estados Unidos

Resumo da Notícia

  • Além de passr pelo isolamento social por conta do novo coronavírus, a filha de Cheryl é enfermeira de UTI em Ohio, nos Estados Unidos
  • Preocupada com a saúde emocional da filha, por fazer parte da linha de frente dos profissionais de saúde, ela deu um jeito de abraçá-la
  • O momento foi registrado por uma vizinha que passava por perto - e em distância segura
  • A mulher assegurou que depois seguiu todas as recomendações de higienização e que no momento a filha usava máscara de proteção
(Foto: Reprodução / ABC News / Arquivo Pessoal Kelsey Kerr)

As recomendações para a prevenção do coronavírus é manter o higiene e, principalmente, o isolamento social. Só que para os médicos e enfermeiros, que fazem parte da chamada linha de frente, isso é praticamente impossível, e eles ficam expostos ao vírus diariamente.

-Publicidade-

Cheryl Norton é mãe de uma enfermeira de UTI e logo com a chegada da pandemia, elas se distanciaram muito fisicamente – por conta da idade dos pais e porque a filha trabalha em turnos de 12 horas com muitos pacientes infectados pela covid-19.

Mas a mãe de Kelsey Kerr não se aguentou ao encontrar com a filha na última sexta-feira e deu um jeitinho de matar a saudade: pegou um lençol do cesto de roupas e jogou em cima da filha para poder abraçá-la (veja a foto abaixo).

-Publicidade-

“Vejo nas mídias sociais que todos os profissionais da saúde estão se sentindo muito isolados e não queria que isso acontecesse com ela”, a mãe contou em entrevista ao ABC News.

(Foto: Reprodução / ABC News / Arquivo Pessoal Kelsey Kerr)

“Eu só queria saber se ela estava bem, então, quando tive a oportunidade de vê-la, só joguei o lençol sobre ela. Eu pensei que se tivesse algo em volta dela eu poderia abraçá-la, então eu só fiz”, completou.

Elas moram em Blue Ash, em Ohio, nos Estados Unidos, a 15 minutos de distância uma da outra, e a filha passa lá de vez em quando apenas para deixar algumas coisas – é tirar do carro e colocar na porta. Mas desta vez ela foi surpreendida. “Foi tão legal! Sempre fomos acostumados a nos dar longos abraços e tem sido estranho vir aqui entregar as coisas pra ela e não poder sair do carro e abraçá-la”, a filha conta.

(Foto: Reprodução / ABC News / Liz Dufour / The Enquirer via USA Today Network)

A foto foi feita por uma vizinha que passava na rua – a uma distância segura. E por falar em segurança, Cheryl garantiu que lavou bem as mãos depois do abraço e que deixou o lençol na garagens por alguns dias antes de colocá-lo para lavar. Ah, vale lembrar que Kelsey usava uma máscara no momento do encontro.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-