Influenciadora e filho morrem poucos dias depois de sofrer ataque de ódio na rede social

Lary Oliveira estava grávida de 5 meses quando sofreu um aborto espontâneo e não resistiu. O marido dela, Wellington Tarcísio, desabafou sobre o caso no Instagram

Resumo da Notícia

  • Lary Oliveira estava com cinco meses de gestação quando perdeu o bebê e não resistiu
  • A influenciadora vinha recebendo mensagens de ódio pela rede social
  • O marido e a mãe dela fizeram um desabafo após o episódio

Lary Oliveira, uma influenciadora digital, faleceu devido a complicações na gravidez dias depois de receber mensagens de ódio. A notícia foi confirmada pelo marido dela, Wellington Tarcísio pelas redes sociais.

-Publicidade-
Ela estava grávida de 5 meses (Foto: reprodução/Instagram/@meninalaryoficial)

No último domingo (20), ele usou o perfil do Instagram para compartilhar com os seguidores que Lary havia perdido o bebê: “Quando morre um bebê, é porque era um anjo muito sapeca que fugiu do céu para encontrar aquela que ele tanto queria chamar de mãe. (…) Nós, papais, não aguentamos a dor da perda de um filho, ainda mais do tão esperado filho, e Deus vê aquele amor enorme capaz de tudo por aquele anjinho, e vê também o anjinho que não aguenta de saudade de sua mãe, então ele fala: Agora vocês estão prontos, precisavam saber a dor da perda, eu tiro quando não era pra ser, mas agora lhe devolvo para aquela que te ama tanto quanto eu. E assim quando você menos espera em você ira bater dois corações, e mal sabe que o coração que em ti bate é o mesmo coraçãozinho que ao seus braços parou de bater, e dessa vez ele vem perfeito e pronto pra passar o resto da vida com você”.

A influenciadora estava no quinto mês de gravidez e estava à espera de um menino, que já tinha nome definido: Hennry. Depois dessa notícia, Wellington voltou a fazer um desabafo na madrugada desta quinta-feira (24), contando que Lary não resistiu às complicações do aborto e faleceu.

-Publicidade-

“Nós tínhamos tantos planos, minha linda. Já não basta enterrar o nosso filho, agora vou enterrar você, minha gordinha. Saiba que te amo onde quer que eu estiver, tá?”. Mais tarde, ao compartilhar o vídeo do chá-revelação ao lado da esposa, ele fez mais um desabafo, sobre os ataques de ódio que ela vinha sofrendo.

“46 internações, várias UTIS, várias transferências, cateter, fisioterapia, entre outras coisas, ela venceu todas… Estava feliz comigo e a tão sonhada gestação, infelizmente uma pessoa podre sem alma, sem coração, sem nada, jogou olho gordo, inveja e desejou o mal pra ela e para o nosso bebê e infelizmente nenhum dos dois sobreviveu, do mesmo jeito que a pessoa falou aconteceu…”, começou.

A mãe e o marido da influenciadora contaram que ela vinha sofrendo ataques virtuais (Foto: reprodução/Instagram/@meninalaryoficial)

Ele continuou: “Por isso eu falo, inveja não é causada porque você tem fama, dinheiro, beleza ou carro, inveja é causada porque você é feliz, porque você está realizando metas, porque você está conquistando suas coisas aos poucos com seu esforço e sua fé. Tomem muitíssimo cuidado ao publicar sua vida em alguma rede social, ao contar pra alguém, ou até mesmo estampar muito no rosto… Infelizmente a inveja não dorme e é quem você menos espera. Descanse em paz, minha menina @meninalaryoficial e cuida do nosso filho Hennry”.

Danny Pacheco, mãe da influenciadora também compartilhou um vídeo no Instagram mostrando os ataques que Lary vinha recebendo. “Eu acho que ela vai morrer, está muito feia. O bebê deve estar morto. Nossa, como pode você jovem com essa doente, que corre o risco de morte toda hora? Meu anjo, deixa ela sozinha lá e vai viver a sua vida, essa menina não merece nada, só a morte vai dar jeito. Os dois vão morrer, você vai ver. De hoje para amanhã”, dizia.

-Publicidade-