Irmã de Paulo Gustavo reforça pedido de orações ao irmão internado por Covid-19

Juliana Amaral pediu nesta quarta-feira, 24 de março, em seu Instagram que os fãs continuem rezando pela melhora do humorista

Resumo da Notícia

  • Irmã de Paulo Gustavo reforça pedidos de orações
  • O humorista foi internado no último domingo, 21 de março, por Covid-19
  • Ele apresenta melhora, mas segue no hospital

Irmã de Paulo Gustavo reforça nesta quarta-feira, 24 de março, em seu Instagram pedido de orações ao irmão internado por Covid-19. Juliana Amaral repostou a nota oficial da assessoria do humorista sobre seu estado de saúde, que já se encontra melhor após intubação.  “Vamos continuar juntos no poder das orações!”, iniciou ela.

-Publicidade-
Paulo Gustavo ao lado de seus pais e irmã Juliana (Foto: Reprodução/Instagram @juamaral00)

As correntes de orações programadas com os familiares e fãs acontecem das 12h, 15h e 18h todos os dias, desde quando Paulo Gustavo foi internado por complicações do vírus. Juliana finalizou o texto agradecendo todas as mensagens de amor ao irmão e disse: “Jesus vai curar toda a humanidade ! Amém!”.

No último domingo, 21 de março, o ator precisou ser intubado devido a complicações do vírus. “A assessoria do ator Paulo Gustavo confirma, por meio deste comunicado, que o ator, em plena consciência de seu estado, necessitou entrar em ventilação mecânica invasiva, para ser tratado de forma mais segura. Todas as medidas de segurança estão sendo tomadas e a equipe profissional que o atende permanece confiante na sua plena recuperação. A família do ator agradece aos fãs pelo carinho e pede que continuem a enviar boas energias e orações para sua recuperação, assim como de todos os brasileiros que se encontram na mesma situação”, explicou a assessoria.

-Publicidade-

Em nota, ela ainda disse na última sexta-feira, 19 de março, que ele “vem apresentando sinais de melhora do ponto de vista clínico, laboratorial e tomográfico, trazendo otimismo para toda a equipe profissional e familiares, assim como para o próprio’”.