Isabel Hickmann fala sobre criação do filho e expectativas para futuro

A mãe de Chico, que nasceu prematuro e com lábio leporino, respondeu algumas questões sobre maternidade e família

Resumo da Notícia

  • Isabel Hickmann respondeu 20 perguntas sobre maternidade
  • Ela contou sobre as culpas e expectativas da maternidade
  • A modelo também falou sobre as realizações com o filho

1. O melhor de ser mãe é… Aprender todos os dias e entender o tamanho da nossa força e capacidade.

-Publicidade-
Isabel é mãe de Chico, de 2 anos (Foto: reprodução/Instagram)

2. O pior de ser mãe é… Saber que não temos o controle de tudo.

3. É melhor ser mãe ou ser filha? Mãe, pois depois de me tornar uma entendi tudo o que passei como filha.

4. Sua culpa como mãe é… Não estar ao lado do meu filho em todos os momentos.

5. Você não tem culpa nenhuma quando… Essa distância está relacionada com minhas buscas como pessoa e profissional.

6. Qual sua definição de felicidade? Curtir momentos, estar perto de quem amamos e fazer aquilo que acreditamos.

7. O papel da mãe é… Preparar para o mundo.

8. Você sente que está arrasando quando… Encaro novos desafios da vida para crescer junto com meu filho.

9. Qual seu estado de espírito agora? Cheia de saudade, pois o Chico está há alguns dias com o pai.

10. Mãe também é gente se… Aceita que não é sempre que irá acertar.

Ela deu um bom dia especial ao lado de Francisco (Foto: Reprodução/ Instagram @isabelhickmann)

11. Você tem uma heroína da vida real? Minha mãe e minhas irmãs mais velhas.

12. Se você não fosse você, quem gostaria de ser? Minha mãe ou irmãs.

13. Qual foi o livro que marcou sua vida? “Mulheres que correm com os lobos”, de Clarissa Pinkola Estés.

14. O paraíso é… Minha casa, meu mundo e meu filho.

15. O inferno é… A doença quando não há cura.

16. Minha família é… Tudo na minha vida.

17. Me sinto uma supermãe… Quando vejo a felicidade do meu filho ao estamos juntos.

18. O que eu mais aprendi com meus pais… Ter força de vontade e batalhar.

19. O que quero deixar para os meus filhos… A bondade do coração, a consciência social e ambiental que hoje são fundamentais para viver nesse mundo.

20. Onde quero estar daqui a 10 anos… Apreciando meu filho em algum esporte que ele escolher. Atividade física também é tudo!