Mãe encontra bebê de 1 ano afogada na piscina de casa e vítima é levada de avião para hospital

A criança foi encontrada pela mãe flutuando na água

Resumo da Notícia

  • Mãe encontra bebê de 1 ano afogada na piscina de casa e vítima é levada de avião para hospital
  • A criança foi encontrada pela mãe flutuandi na água
  • A vítima esta sedada e com respiração mecânica

Um bebê de apenas 1 anos e 8 meses se afogou na piscina de casa durante o último sábado, 2 de junho, na cidade de Posses, Goiás. Segundo apuração do Metrópoles, a vítima foi tranferida às pressas ao atendimento em Goiânia.

-Publicidade-

A criança foi encontrada pela mãe flutuando na água. Em seguida, o socorro foi acionado e a menina foi levada, inicialmente, em uma ambulância ao hospital do município.

Porteriormente, após ser estabilizada pela equipe médica de primeiros socorros, foi solicitado o transporte aéreo do Corpo de Bombeiros para transferi-lá à capital. Posse fica a 511 km de Goiânia.

No moemnto, a bebê está internada em estado gráve no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. No boletim médico diviulgado nesta manhã, 3 de junho, segundo o jornal, a vítima esta sedada e com respiração mecânica.

Outro caso: jornalista salva criança de 10 anos de afogamento na Austrália e vídeo viraliza

Em 5 de maio, quase que uma transmissão ao vivo se transformou em tragédia. Um repórter australiano se preparava para entrar ao vivo quando salvou uma criança que se afogava no local. E por incrível que pareça, a reportagem contava sobre os perigos dos buracos de areia no mar, que aumentam o risco de afogamentos.

Segundo o portal Daily Mail, Paul Burt é um repórter especialista em surf do canal Seven’s Gold Coast, da Austrália. Minutos antes de entrar no mar, ele correu para o mar, depois de ouvir a família do garoto que pedia socorro.

O menino felzimente sobreviveu
O menino felzimente sobreviveu (Foto: Reprodução/ Twitter)

As imagens foram filmadas onde o repórter entra no mar, em um grupo de pessoas que procuravam o menino. O céu estava escurecendo, então dificultou a procura. Um cinegrafista consegue gravar o menino nadando contra a maré.

Por fim, felizmente o grupo trouxe o garoto de volta. Paul após o resgate, retomou ao trabalho. “Cerca de quatro ou cinco pessoas pularam e basicamente o puxaram de volta para a praia. Ele está vivo, está respirando, está consciente, falando” falou o jornalista.