Família

Mudar alguns hábitos pode livrar seu filho de substâncias tóxicas

Atitudes como trocar copos de plástico por de vidro e evitar alguns cosméticos podem ajudar

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

criancacopovidro

É inevitável! A gente está cercado de substâncias tóxicas capazes de causar doenças. Copos de plástico, discos de vinil e até cosméticos são carregados de componentes químicos capazes de prejudicar a saúde dos seus filhos. Um estudo norte-americano mostrou que  com o aumento das exposições a substâncias químicas aumentou e, com isso, aumentaram as taxas de doenças, particularmente as que afetam crianças, como asma, câncer infantil, autismo e TDAH.

Tais estudos mostram que substâncias químicas e disruptores endócrinos (ou DEs) são agora encontrados em praticamente todos nós.  Nos Estados Unidos, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças local identificou níveis detectáveis de BPA em 93% das pessoas testadas e Ftalatos em pelo menos 75% da população. “Esses químicos não estavam presentes na maioria dos produtos há 40 anos atrás” conta o assessor da Parents Philip J. Landrigan, professor de pediatria na Escola de Medicina Monte Sinai, em Nova York,  e diretor do Centro de Saúde Ambiental Infantil da cidade norte-americana. “Agora, estão em nossos corpos e nós não entendemos ainda todos os efeitos que eles podem causar na nossa saúde porque nenhuma outra geração foi exposta”.

Nem todo mundo conhece o que são essas substâncias encontradas nos nossos corpos, para que eles servem e como evitá-los. Pensando nisso, fizemos uma lista explicando tudo isso para você. E lembre-se que, independente se você fizer uma, duas ou várias mudanças, a saúde da sua família será rapidamente beneficiada.

Bisfenol A (BPA)

É um químico industrial usado para produzir alguns tipos de resina epóxi (que mantêm as coisas juntas), como plástico de policarbonato, duro e inquebrável, usado em alguns recipientes que armazenam comida. O BPA pode ser encontrado em containers de comida, garrafas de alumínio e garrafas para bebês e, segundo estudos em animais de laboratório, a exposição precoce a essa substância pode causar predisposição a desenvolver câncer de próstata e de mama, além de poder diminuir a fertilidade e prejudicar o desenvolvimento de óvulos e espermatozoides.

Como evitar: Ao invés de usar garrafas de água feitas de plástico, prefira as de aço inoxidável; quando for esquentar comida no microondas, não use potes plásticos, coloque em recipientes de vidro.