Mulher branca que fez ataques racistas a Titi e Bless já foi xenofóbica com brasileira em Portugal

Brasileira que morou em Portugal ouviu da mulher: “Brasileiros vão para o Brasil”

Resumo da Notícia

  • Eduarda Rabello, brasileira que morou em Portugal, sofreu ataques mesma mulher que fez ataques racistas contra filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso
  • O casal de atores se pronunciou sobre o caso de racismo sofrido pelos filhos: "Não confunda a reação do oprimido com a ação do opressor"
  • A mulher foi levada pela polícia, porém já foi liberada

Uma brasileira (Eduarda Rabello) que morou em Portugal durante um tempo, falou sobre os ataques xenofóbicos que sofreu da mesma mulher que proferiu posicionamentos racistas contra os filhos de Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso, Titi e Bless. Segundo a brasileira, os ataques aconteceram em 9 de março de 2022, e no momento a portuguesa realizou discurso de ódio: “Brasileiros vão para o Brasil”.

-Publicidade-

Em entrevista ao Metrópolis, foi relatado que a mulher portuguesa gritou com a brasileira e os amigos dela que estavam presentes, e iniciou uma discussão com o grupo. Para piorar, a mulher tentou jogar uma cadeira na direção dos brasileiros: “Estava no bar que um amigo trabalha e ela começou a se exaltar dentro do bar. Quando ela saiu, eu estava lá fora com uns amigos brasileiros e ela já começou a gritar falando: ‘brasileiro, vá pro Brasil’. Depois de um tempo de discussão, ela tentou jogar uma cadeira em mim, que não acertou, e continuou xingando”.

Giovanna Ewbank se emocionou ao lembrar do ataque racista
Giovanna Ewbank demonstrou estar sensível ao relembrar do ataque racista que os filhos sofreram (Foto: Reprodução/ Fantástico)

Eduarda afirmou que relatou o caso para a polícia, mas isso não foi o suficiente para que a mulher portuguesa se recolhesse do local ou parasse com os ataques, e provocou os policiais: “Depois de um tempo chamei a polícia, eles chegaram e nem assim ela se controlou, ficou gritando: ‘Me leva para a esquadra (delegacia de Portugal), lá é minha casa’. Também disse para os policiais que não ia levar eles a sério, porque tinham cara de taxista”.

Por fim, Eduarda Rabello foi desencorajada a prestar queixa na delegacia, mesmo tendo chamado a polícia. Segundo os policiais, o caso não iria dar em nada e seria “perda de tempo”.

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Assista agora o POD&tudo com Marcos Piangers e Ana Cardoso! Em um bate papo muito divertido, eles falam da estreia do filme “O Papai é Pop”, inspirado no best-seller de Piangers, interpretado por Lázaro Ramos e Paolla Oliveira, que estreia no próximo dia 11 de agosto.