Mulher que asfixiou grávida e roubou bebê será a 1ª executada nos EUA em 70 anos

Lisa Montgomery foi condenada por unanimidade pelo jurí e deve tomar a injeção letal em 8 de dezembro. Em 2004, a americana tirou a vida de Bobbie Jo Stinett e sequestrou o feto de 8 meses

Resumo da Notícia

  • Uma mulher será executada pela primeira vez em quase 70 anos nos Estados Unidos,de acordo com o sistema penal federal de Missouri
  • Lisa Montgomery estrangulou uma mulher grávida em 2004, e em seguida cortou a barriga da gestante para roubar o bebê
  • O caso, terá fim em 8 de dezembro deste ano, quando a criminosa receber a injeção letal

Uma mulher será executada pela primeira vez em quase 70 anos nos Estados Unidos,de acordo com o sistema penal federal de Missouri. Lisa Montgomery estrangulou uma grávida em 2004, e em seguida cortou a barriga da gestante para roubar o bebê. O caso, terá fim em 8 de dezembro deste ano, quando a criminosa receber a injeção letal.

-Publicidade-
Lisa roubou o bebê (Foto: Reprodução / BBC)

A pena só é aplicada em crimes “especialmente hediondos”, segundo o procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr. A condenação, que precisa da unanimidade do júri para ser aprovada, foi feita em 2007. Na época, os advogados de Lisa alegaram que ela sofria de distúrbios mentais por traumas causados na infância, o que nunca chegou a ser comprovado.

Lisa foi condenada a execução em 2007 (Foto: Reprodução / BBC)

O crime

Era dezembro de 2004 quando Lisa foi até a casa de Bobbie Jo Stinett, que estava grávida de 8 meses. A americana dizia que estava lá para comprar um cachorro que havia sido anunciado pela família. Porém, uma vez lá dentro, Montgomery asfixiou Bobbie até que ela perdesse a consciência.

-Publicidade-

“Usando uma faca de cozinha, Montgomery cortou o abdômen de Stinnett, trazendo-a de volta à consciência. Uma luta se seguiu e Montgomery estrangulou Stinnett até o fim”, explica o comunicado de imprensa do Departamento de Justiça.

Depois de acabar com a vida da mãe, Lisa tirou o bebê do corpo e o sequestrou. O pequeno foi entregue aos cuidados do pai assim que encontrado, 1 depois do ocorrido. Na época, foi a mãe de Bobbie que encontrou o corpo da filha e acionou as autoridades locais.

 

-Publicidade-