Ou muda, ou muda: te mostramos caminhos para criar uma sociedade antirracista

Na revista de julho, você encontrará formas de educar seu filho com diversidade e respeito, além de outras reportagens para ajudar no bem-estar da família durante esse período

Resumo da Notícia

  • A revista de julho já está nas bancas!
  • Com uma capa história, a Pais&Filhos debateu a importância de falar sobre racismo
  • É importante começar a educar dentro da sua casa
O movimento antirracista começa desde cedo (Foto: Getty Images)

A edição de julho da revista traz uma matéria necessária sobre racismo no Brasil. Escrito pela jornalista Paula Batista, filha de Zélia e José Natal, aborda a necessidade de falar sobre assunto e de que forma é possível, de fato, começar a mudar a realidade (spoiler: isso acontece dentro de casa).

-Publicidade-

Em mais uma capa histórica, a ilustração ficou por conta de Lila Cruz, filha de Rute e Ailton, trazendo à tona a importância do diálogo desde cedo e, principalmente, mudar a perspectiva de um mundo com representação (que temos hoje) para um com representatividade real.

O levantamento exclusivo também traz a experiências de outras famílias em relação ao tema e quanto o termo racismo registrou aumento de busca no Google, com mais de 400% desde o início de junho. Mas não para por aí, o movimento antirracista deve ser algo constante e progressivo que vai além de um caso particular.

-Publicidade-
A educação é a resposta (Ilustração: Lila Cruz, filha de Rute e Ailton)

Conscientização é o caminho, mas também é necessário que cada um faça a sua parte, por isso te apresentamos forma de introduzir e ensinar o assunto dentro de casa para oferecer ao seu filho diversidade de conhecimento e vivências. 

E tem mais: Saiba como lidar com os famosos pitacos em relação a maternidade; Entrevista especial com Miá Mello sobre os desafios e belezas de ser mãe da Nina e Antônio; Culpa, não! Perder o controle faz parte dos aprendizados maternos, o importante é dar o seu melhor.

-Publicidade-