Pai com câncer terminal completa triatlo para inspirar filha de 7 anos

Aos 39 anos, ele já passou por 2 cirurgias cerebrais, 30 sessões de radiação e um ano de quimioterapia. Mas em nenhum momento encarou isso como obstáculo e concluiu a prova em menos de 14 horas

Resumo da Notícia

  • Jay concluiu a prova do Ironman Triathlon, porque queria provar para a filha que ele é capaz de tudo
  • No entanto, o recado que ele deixou foi muito maior, que fala respeito, determinação e dedicação
  • Aos 39 anos, ele já passou por 2 cirurgias cerebrais, 30 sessões de radiação e um ano de quimioterapia. Mas em nenhum momento encarou isso como obstáculo

Jay concluiu a prova do Ironman Triathlon, porque queria provar para a filha que ele é capaz de tudo. No entanto, o recado que ele deixou foi muito maior, que fala respeito, determinação e dedicação.

-Publicidade-

Aos 39 anos, ele já passou por 2 cirurgias cerebrais, 30 sessões de radiação e um ano de quimioterapia. Mas em nenhum momento encarou isso como obstáculo e concluiu a prova em menos de 14 horas.

Ao ver a prova na televisão pela primeira vez, Jay pensou que realizá-la era impossível e que os competidores tinham que ser sobre-humanos. Quando a filha, Hero, nasceu em 2015 o pai começou a pensar na possibilidade de realizar a Ironman, pois queria provar para a garota que ela pode fazer qualquer coisa que quiser.

(Foto: Reprodução/ Razões Para Acreditar)

A ideia, segundo o Razões Para Acreditar, era competir quando Hero tivesse uns 10 anos, mas um câncer no cérebro o fez adiantar esses em planos. Jay descobriu o tumor em 2018 e decidiu que faria a corrida assim que o médico o liberasse.

“Meu primeiro dia de radioterapia e quimioterapia em agosto de 2019 foi o primeiro dia em que comecei meu treinamento de Ironman”, disse ele.

Como a organização do evento cancelou a edição do Ironman de 2020 por causa da pandemia, Jay entrou em contato com os organizadores, contou a sua história. A produtora sugeriu uma prova virtual onde o percurso seria na própria cidade dele, mas monitorado pelo pessoal do Ironman.

Ele só terminou a prova porque queria voltar para a filha e a esposa (Foto: Reprodução/ Instagram)

“Pude projetar meu próprio percurso em minha cidade natal e traçar a linha de chegada de forma que ficasse bem na frente da minha garagem, o que eu sabia que me daria a sensação de voltar para casa que me levaria até o fim“, disse Jay.

Após 13 horas e 40 minutos de corrida, a chegada fez todo o sofrimento valer a pena. “Minha filha e minha esposa estavam segurando aquela fita, então eu simplesmente foquei nelas pensando ‘Estou voltando para casa’”, pontuou o pai.

Jay então ajoelhou e fez questão de reafirmar a sua promessa para a filha. “Eu não tinha muita energia, mas dei um beijo em minha esposa, entreguei flores para minha esposa e filha e me ajoelhei para dizer a Hero: ‘Se eu posso fazer isso, você consegue. Sonhe grande e nunca perca a esperança.’ Eu tive que dizer a ela que foi muito difícil para mim, mas eu pensei em voltar para casa para ela, e que ela me deu forças para terminar”, concluiu Jay.