Paulo Gustavo segue em estado grave, mas estabiliza hemorragia: “Confiança na recuperação”

O ator está internado por causa da Covid-19 desde o dia 13 de março. Ele continua intubado e em terapia intensiva após complicações pulmonares que demandaram várias intervenções

Resumo da Notícia

  • A assessoria de imprensa de Paulo Gustav emitiu novo boletim oficial com informações atualizadas sobre o estado de saúde
  • Paulo Gustavo está internado por causa da Covid-19 desde o dia 13 de março
  • Ator continua intubado e em terapia intensiva após complicações pulmonares que demandaram várias intervenções

Paulo Gustavo segue internado em estado grave com Covid-19. A assessoria de imprensa do ator emitiu novo boletim com informações atualizadas sobre o estado de saúde, na manhã desta quinta-feira, 15 de abril. Artista está internado desde o dia 13 de março, no Rio de Janeiro.

-Publicidade-
Atualização sobre estado de saúde de Paulo Gustavo (Foto: Reprodução / Instagram @paulogustavo31)

Paulo Gustavo segue em terapia intensiva e ainda se encontra em situação grave. “As complicações pulmonares demandaram várias intervenções como  broncoscopias e alguns procedimentos cirúrgicos. Hoje, a equipe médica esclarece que: ‘Finalmente conseguimos sanar as fístulas bronco-pleurais identificadas”, começa.

“Nas últimas 48 horas também observamos a normalização da coagulação com o tratamento instituído e não mais detectamos sinais de hemorragias. A situação clínica do paciente, embora ainda crítica, traz à equipe profissional mais confiança em sua recuperação. Estamos cientes de que ainda temos um caminho pela frente. A dedicação e a experiência dos médicos e demais profissionais do hospital tem proporcionado o melhor tratamento ao paciente, seguindo o que há de mais atual conforme os principais centros hospitalares internacionais. O paciente permanece utilizando ventilação mecânica e ECMO”, diz a nota.

Por fim, a família do ator agradece todo o carinho e orações e pede que continuem a enviar boas energias para a recuperação de todos os que se encontram na luta contra o vírus. Aos 42 anos, Paulo Gustavo tem recebido apoio de muitos amigos e colegas de profissão, além da família é claro. Dentre eles estão Tatá Werneck, Regina Casé, Claudia Raia e Angélica. As famosas inclusive publicaram apelo para que os fãs rezem pelo ator.

ECMO na covid-19: saiba quando terapia usada em Paulo Gustavo é necessária

O ator e comediante Paulo Gustavo foi internado no dia 13 de março, após complicações devido à covid-19. Durante o tratamento ele apresentou uma piora significativa que fez com que ele precisasse ser intubado e passar uma terapia chamada ECMO, sigla para Oxigenação por Membrana Extracorpórea. Isto é, a oxigenação do paciente vai ser realizada por uma membrana que está fora do corpo.

lguns pacientes apresentam “falhas” nos pulmões e eles se tornam incapazes de absorver o oxigênio, então é necessário que ele seja “substituído” . Nesse momento, entra o ECMO, já que o equipamento funciona como o órgão que está debilitado e oxigena o sangue fora do corpo.

Paulo Gustavo foi internado com covid-19 no dia 13 de março (Foto: Reprodução / Instagram @paulogustavo31)

Rafaella Gato é cardiologista pediátrica e diretora do programa de ECMO do departamento de cardiologia do Sabará Hospital Infantil em São Paulo e falou em entrevista ao G1: “Na maioria dos casos de Covid, o dano está no pulmão. Vemos uma dificuldade de oxigenação, o pulmão está muito lesado, muito afetado. O órgão não consegue trocar com a ventilação tradicional e a ECMO entra para ajudar na oxigenação e suporte para o paciente devolvendo o sangue oxigenado artificialmente”.

É por isso que, quando o paciente está na máquina ele precisa estar sedado. “O pulmão passa a ser a membrana. Controlamos o gás carbônico e o oxigênio por essa membrana. Deixamos o pulmão parado para desinflamar”, explica Fábio Rodrgiues que é fisioterapeuta cardiorrespiratório e de Terapia Intensiva.