Polícia faz busca e apreensão em escola acusada de maus-tratos à aluno em SP

A Polícia foi até a Escola Infantil para buscar materiais que auxiliem na investigação de maus-tratos com as crianças. A diretora está sendo procurada desde que a justiça decretou prisão dela

Resumo da Notícia

  • Escola está sendo investigada por amarrar crianças em berços e cadeiras
  • Diretora da escola está sendo procurada
  • O vídeo viralizou nas redes após denúncias de maus-tratos com os bebês
  • A polícia foi até a escola recolher objetos e materiais como provas

Polícia civil cumpriu um mandado judicial de busca e apreensão em Escola Particular na Zona Leste de São Paulo por conta de vídeos onde mostram crianças sendo maltratadas. A ação policial aconteceu pela manhã desta quinta-feira, 24 de março.

-Publicidade-

Foram procurados materiais que ajudem no caso. Objetos como cadeirinhas de bebê foram apreendidas. No começo do mês a Polícia já tinha ido até a escola para apreender lençóis e celulares dos donos.

Hoje quem acompanhou a operação foram os advogados de uma das sócias proprietárias da Escola de Educação Infantil Colmeia Mágica.

Polícia retirou objetos como cadeirinhas de bebê
Polícia retirou objetos como cadeirinhas de bebê (Foto: Reprodução / TV Globo)

Após a Denúncia, Roberta foi considerada como fora vida da justiça e foi decretada prisão temporária nesta última terça-feira, 22 de março. Ela está sendo investigada por suspeita de maus-tratos e periclitarão de vida, isto é, colocar a saúde das crianças sob tortura, constrangimento ou perigo.

Os vídeos viralizaram nas redes, onde os bebês estão amarrados com lençóis e chorando na banheira da escola. Já, as crianças aparecem presas em cadeirinhas perto de uma privada. Essa escola foi fundado em 2002 onde atende do berçário ao ensino infantil.

A Polícia fez busca e apreensão dos objetos e materiais na escola
A Polícia fez busca e apreensão dos objetos e materiais na escola (Foto: Reprodução / TV Globo)

A imprensa tentou entrar em contato com Roberta mas não obteve resposta até o seguinte momento. A mulher ainda não foi presa ou se entregou para a polícia. A diretora não foi encontrada em nenhum dos três endereços que foram passados para os oficiais.

Relembre o caso

Uma Escola Infantil está sendo investigada pela Polícia Civil por maus-tratos a crianças. O local que fica na zona leste de São Paulo está sendo denunciado após vídeos vazarem, onde mostram crianças chorando e amarradas com ‘camisa de força’ em um banheiro.

Nos vídeos é possível ver que as crianças estão dentro de um banheiro, sentadas em cadeirinhas de bebês, no chão, embaixo de uma pia e próximas à privada. Uma mãe disse ao portal do G1 que identificou seu filho em dois vídeos. As imagens foram gravadas dentro da Escola de Educação Infantil Colmeia Mágica, na Vila Formosa, que é alvo de um inquérito policial aberto no Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas (Cerco) da 8ª Delegacia Seccional.

Escola infantil que amarrou crianças em ‘camisa de força’ é acusada de tortura após novas denúncias
Escola infantil que amarrou crianças em ‘camisa de força’ é acusada de tortura após novas denúncias (Foto: Reprodução/G1)