São Paulo antecipa vacinação de adultos e adolescentes e flexibiliza quarentena

Durante uma coletiva de imprensa, o governo do Estado de São Paulo informou sobre uma nova antecipação da vacinação contra a covid-19 para adultos e também adolescentes

Resumo da Notícia

  • Toda a população adulta irá receber a primeira dose da vacina contra a covid-19 até o dia 16 de agosto
  • A partir do dia 18 de agosto, adolescentes começam o cronograma de vacinação no estado
  • A quarentena foi flexibilizada em todo o estado e São Paulo se prepara para a fase de retomada

Nesta quarta-feira, 28 de julho, o governo do estado de São Paulo realizou uma coletiva de imprensa para informar sobre a vacinação contra a covid-19. Mais uma vez, o cronograma foi antecipado e é previsto que toda a população adulta seja imunizada com a primeira dose até 16 de agosto. Anteriormente, o término iria acontecer no dia 20 de agosto.

-Publicidade-
São Paulo antecipou mais uma vez a imunização da população adulta e de adolescentes no estado (Foto: iStock)

Além disso, após a liberação da Anvisa sobre a vacinação de adolescentes com o imunizante da Pfizer, o início está previsto para o dia 18 de agosto, sendo adiantado em cinco dias em relação ao prazo divulgado anteriormente.

Toda a população adulta irá receber a primeira dose da vacina contra a covid-19 até o dia 16 de agosto (Foto: reprodução / vídeo / YouTube)

Adolescentes entre 17 e 12 anos irão tomar a vacina da Pfizer. Vale lembrar que os que possuem algum tipo de comorbidade e também as grávidas e puérperas nesta idade irão se imunizar primeiro, do dia 18 a 29 de agosto, dando sequência assim nas outras pessoas do grupo.

Adolescentes começam a ser vacinados a partir de 18 de agosto (Foto: reprodução / vídeo / YouTube)

Flexibilização da quarentena

As medidas do Plano São Paulo também foram flexibilizadas, a partir da diminuição das taxas de internação por covid-19. Até terça-feira, 27 de julho, haviam 54% dos leitos de UTI ocupados no estado de São Paulo e 49,6% na Grande São Paulo.

Patricia Ellen, secretaria de desenvolvimento econômico, informou ainda que o horário limite das atividades econômicas será estendido para às 00h, a partir de 1º de agosto a 16 de agosto. Além disso, a taxa de ocupação passa de 60% para 80%. “É um marco do momento final da fase de transição. Os protocolos de cuidados pessoais e coletivos devem ser mantidos e respeitados”, comenta. Parques estaduais voltam a funcionar normalmente.

A partir do dia 17 de agosto, São Paulo passa para a “Retomada Segura”, onde será permitido a ocupação de até 100% nos estabelecimentos e fim do toque de recolher. Aglomerações devem ser evitadas e o uso de máscara e protocolos de distanciamento continuam sendo obrigatórios em todos os ambientes.