Vídeo: Avó que ficou 15 anos sem enxergar vê rosto dos netos pela primeira vez

Connie ficou mais de uma década cega por conta de um erro médico e voltou a ter a visão completa depois de passar por uma cirurgia

Resumo da Notícia

  • Connie começou a perceber que a visão estava escura e opaca e procurou um médico
  • Por conta de um erro no diagnóstico, ela acabou perdendo a visão completamente
  • 15 anos depois, por meio de uma cirurgia, ela conseguiu ver o rosto dos netos

Uma mulher passou 15 anos cega, sem poder ver o rosto de nenhum dos familiares e principalmente, acompanhar o crescimento dos netos. Mas tudo teve um final feliz quando ela recuperou a visão depois de passar por uma cirurgia que mudou a vida dela.

-Publicidade-
Connie viu o rosto dos netos pela primeira vez em 15 anos (Foto: Reprodução / Youtube)

Diagnóstico

Foi em 2006 que Connie percebeu que a visão estava ficando turva e opaca, e decidiu fazer diversos exames para verificar o estado dos olhos em geral. No início, os médicos dela acreditavam que ela estava com glaucoma (degradação do nervo óptico). Dois anos depois, o diagnóstico se tornou uma catarata, que é um dos problemas de visão mais comuns e tratáveis em adultos. Porém, como a doença já havia evoluído demais, acabou se tornando inoperável e Connie perdeu a visão completamente. 

Anos no escuro

Mesmo cega, ela decidiu que não deixaria essa condição impedir que ela continuasse vivendo bem e feliz, e continuou a fazer as coisas que amava antes, como patinar no gelo, andar de caiaque, acampar, ir a concertos. “Apesar da cegueira, eu vivi a vida o máximo que pude, da mesma maneira que vivia antes de perder a visão”, contou.

Hoje, aos 59 anos, ela diz que achou algumas coisas difíceis de se ajustar: “Eu não tinha certeza de como usar uma bengala e continuava esbarrando em arbustos. Eu tinha alguém comigo sempre quando cozinhava para ter certeza de que a comida parecia boa”.

Luz no fim do túnel

A vida dela mudou quando há 3 anos atrás, a norte-americana realizou um procedimento cirúrgico para recuperar a visão. Primeiro, o olho direito foi operado: “Quando eles tiraram meu curativo no dia seguinte, a primeira coisa que vi foi a sobrancelha, os cílios e a pupila da enfermeira e comecei a chorar. Uma dádiva! Ela me fez ler um papel e a primeira linha que li foi 20/20″. Alguns dias depois, o olho esquerdo também foi operado e no final de tudo, pela primeira vez em 15 anos, Connie enxergava tudo a sua volta!

A primeira visão

Para ela, foi uma experiência extraordinária conseguir ver pela primeira vez o rosto dos netos. “A mais velha não se parece em nada com a bebê de 3 semanas que eu pegava no colo“, brincou a avó. Agora, com a visão recuperada, Connie gosta de fazer passeios pela rua para apreciar as belezas da natureza. “Observar as flores brotando e as árvores dando folhas é sem igual“, conta.

E sobre ver o marido depois de um período tão grande, ela diz: Ele ainda é o homem mais bonito que eu já conheci e ainda estou completamente apaixonada por ele“. Ela e a família logo logo vão sair para aproveitar umas semanas de férias para levar Connie até locais com bastante presença da natureza. “Minha filha e meu marido me levaram para a costa do Oregon, Yellowstone e por todas as Montanhas Rochosas. Agora eu só quero apreciar e aproveitar a natureza”, completou Connie.