Mãe de Alice relembra violência obstétrica que teve no parto e fala sobre segunda gravidez

Morgana contou como foi a reação de Alice ao descobrir de sua gravidez e fala um pouco dos desafios que enfrenta na gestação

Resumo da Notícia

  • Morgana Secco conta sobre os desafios em sua segunda gravidez
  • Alice se apaixonou pela irmã ainda na barriga da mãe
  • Como Morgana lidou com a vida publica na internet

Morgana Secco é fotógrafa, influenciadora e mãe de Alice, menina que viralizou nas redes sociais em 2021 com os vídeos “quer falar as palavras”, está grávida pela segunda vez. Em entrevista para Quem, Morgana conta os desafios que vem superando na nova gestação. A fotógrafa conta que Alice, de apenas 3 anos,  só começou a entender o que estava acontecendo quando sua barriga começou a crescer  e que a partir daí ela parece estar apaixonada como o processo.

-Publicidade-
Em família, Alice, a menina das palavras difíceis, descobre que terá uma irmã
Alice, a menina das palavras difíceis, descobre que terá uma irmã (Foto: Reprodução/Instagram/@morganasecco)

“Percebemos uma empolgação dela e, por outro lado, ela está com um comportamento muito carinhoso. Não sei dizer se isso é por conta da gestação ou pela idade atual dela, mas ela está muito carinhosa com a gente nos últimos meses.”, conta Morgana que depois que Alice começou a entender o que era gestação, ela passou a participar e se envolver mais, a conversar com a irmã pela sua barriga.

Morgana e o marido, Luiz Schiller, moram na Inglaterra, desde 2017. Começaram a postar vídeos de Alice falando palavras polissilábicas e mostrando seu rico vocabulário e logo viralizaram. Contudo, Morgana fala que sempre tem um filtro para o que vai ou não postar de Alice para não se arrepender futuramente. Após o sucesso que teve nas redes sociais, foram procuradas para comerciais de TV e publis. Entretanto, a mãe tem um critério para aceitar esse trabalhos, ela busca promover apenas aquilo que vai de encontro com seus valores.

 

Somado aos vídeos no Instagram, Morgana criou, também, uma canal no Youtube, onde compartilha vivências da maternidade. Em sua conversa com Quem, ela conta sobre a violência obstétrica que sofreu durante o parto de Alice. A influenciadora acrescenta que ainda não superou esse trauma por completo, mas que procura separar uma experiência da outra, “Tento achar meios de minimizar a chance de acontecer novamente. Também entendi que não posso ter o controle de tudo. Não posso escolher ter uma gravidez maravilhosa ou um parto maravilhoso porque isso não depende só de mim.”

Vote na Pais&Filhos para o Troféu Mulher Imprensa!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos, está concorrendo ao prêmio da categoria Pertencimento e Inovação da 16ª edição do Troféu Mulher Imprensa! Para votar, é muito simples: CLIQUE AQUI e aperte o botão ao lado da foto da Andressa para que ele fique azul. Em seguida, preencha o campo com seus dados e vá até seu email: será preciso confirmar o seu voto clicando em um link. Depois disso, sucesso! Seu voto já foi contabilizado. Obrigada!

Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa
Andressa Simonini, editora-executiva da Pais&Filhos está concorrendo ao Troféu Mulher Imprensa (Foto: Divulgação/Pais&Filhos)

Ao ser questionada sobre qual foi sua reação quando o primeiro vídeo de Alice viralizou, Morgana conta que ficou um pouco assustada, pois tudo era muito novo para ela. De repente ela se viu com milhares de seguidores “Estava fazendo meu conteúdo para a Internet e vinha crescendo orgânico. De repente, de uma hora para outra, comecei a receber mensagens de pessoas de todo o Brasil dizendo que estavam recebendo vídeos da Alice no WhatsApp, pessoas que eu não conhecia postando vídeos dela por achar fofo e tal”, completa a fotógrafa. Mas com isso vieram também os ataques e mensagens ofensivas e ela acrescenta: “Por mais que eu soubesse que isso existe na Internet, nunca tinha vivenciado. Foi um pouco tenso saber que isso existia e ter que lidar com isso. Com o tempo, a gente vai aprendendo”.

 

Sobre os desafio da segunda gravidez, Morgana diz que a gravidez em si já é um desafio, ter que conciliar com o trabalho e outra criança, mas que o primeiro trimestre é sempre o mais desafiador. Ela conta que em sua primeira gestação os palpites e pitacos eram piores por ser mãe de primeira viagem, todos queriam opinar sobre suas escolhas e ações o que a fazia se sentir invadida. Agora, mesmo com milhares de seguidores acompanhando sua rotina, ela se sente muito mais segura com suas próprias decisões.

Em relação a educação e criação de Alice, ela conta que partiu dele e do marido a decisão de não apresentar telas para a filha e de introduzir atividades e brincadeiras que estimulassem a criatividade. Apesar de morarem em Londres, Alice só passou a ter contato com o inglês de fato aos 2 anos e 3 meses quando entrou na creche. A partir desse momento a influenciadora conta que a filha começou a sentir necessidade de se expressar em inglês também: “Hoje, ela já consegue ser comunicar e entender coisinhas básicas. Ela não ter a articulação que tem no português, nem se sente tão confortável como ela fala em português, mas sabemos que, pelo contato diário, isso possivelmente vai acabar se invertendo”. Contudo, o casal pretende continuar estimulando o desenvolvimento da língua portuguesa pela filha.

Assista agora o POD&tudo com as gêmeas Bia e Branca Feres!