Gravidez

Mãe faz relato sincero sobre hiperêmese gravídica: “Um dos momentos mais traumatizantes da minha vida”

Kimberly Rae Dixon teve a complicação nas duas gestações

Isabella Zacharias

Isabella Zacharias ,Filha de Aldenisa e Carlos

Uma mãe compartilhou seu relato sobre hiperemese gravídica (Foto: Getty Images)

Kimberly Rae Dixon compartilhou seu relato sobre ter hiperêmese gravídica. Ela perdeu 20 quilos na primeira gestação e 15 quilos na segunda.

“Eu tinha hiperêmese gravídica, uma condição que afeta menos de 2% das gestantes. Causa náuseas, vômitos debilitantes, desidratação, fadiga severa e perda de peso“, ela conta.

Depois de passar pela hiperêmese gravídica pela primeira vez e perder muitos quilos, ela não tinha certeza se conseguiria passar por isso mais uma vez. “Quando recebi a confirmação da minha segunda gravidez, fiquei pensando se era forte o suficiente para passar por isso de novo”, ela diz.

Kimberly contou a novidade ao marido, que também ficou muito surpreso. Ele a encorajou e disse que eles deveriam seguir em frente. Agora, eles são pais de duas crianças muito saudáveis e elas não sofreram nenhuma consequência da hiperêmese gravídica. Porém, Kimberly diz que a gravidez foi um dos momentos mais traumatizantes de sua vida.

A verdade sobre hiperêmese gravídica
Kimberly diz que a hiperêmese gravídica não é nada como um simples enjoo matinal. “Meu enjoo era constante, de manhã e à noite. Até mesmo o pensamento de comida ou um gole de água me fazia querer vomitar. Nos piores dias, a respiração provocava ondas de náusea e engasgos que pareciam impossíveis de superar. Apesar disso, meu estômago implorava por comida”.

Tomar banho muitas vezes me fez sentir como se eu fosse desmaiar. Os banhos me faziam sentir como se eu estivesse lutando contra ondas gigantes no mar. Escovar meu cabelo ou meus dentes era muito cansativo”.

Kimberly conta que os efeitos físicos da hiperêmese gravídica são horríveis, mas os psicológicos são muito piores. “Tive que deixar meu emprego quando estava com 20 semanas de gravidez e perdi muitos dias de trabalho antes disso. Muitos amigos e familiares diziam que eu estava fazendo drama”.

Ela compartilhou seu relato com a intenção de alertar outras mulheres. “Se você foi diagnosticada com hiperemese gravídica, procure por ajuda porque é muito grave”.

Leia também:

Hiperêmese gravídica: entenda a complicação que Tatá Werneck sofre durante a gravidez

Fernanda Lima diz ter a mesma complicação que Tatá Werneck: “Tenho intimidade com hiperemeses”

Tatá Werneck fala sobre nome da filha e brinca: “Larissa Manoela que vai escolher”