Mulher descobre dois tipos de câncer após ir para o hospital pensando estar grávida

Mia Mackin fez um exame de rotina no trabalho aos 23 anos de idade, e se surpreendeu com a notícia

Resumo da Notícia

  • Mia Mackine decidiu seguir o protocolo da empresa que trabalhava e fez exames de rotina, aos 23 anos de idade
  • Após sentir indisposição e o coração batendo mais rápido, Mia pensou estar grávida
  • Contudo, os médicos descobriram a presença de dois tipos de câncer em estágio avançado na mulher

Mia Mackin decidiu seguir o protocolo da empresa que estava trabalhando e realizar exames de rotina para cuidar da própria saúde. Aos 23 anos de idade, a mulher levava uma vida saudável – não bebia nem fumava, além de manter uma alimentação saudável e exercícios físicos regularmente – e, por isso, se surpreendeu com os resultados.

-Publicidade-

Mia se encaminhou para os exames apenas sentindo indisposição e o coração acelerado – e acreditou que estava grávida. No hospital, após 2 dias de uma série de exames médicos de diversos tipos, porém, ela descobriu a verdade: estava com linfoma de Hodgkin e câncer na tireoide – ambos em estágio 2.

Mia foi para o hospital com a certeza de que estava grávida
Mia foi para o hospital com a certeza de que estava grávida (Foto: Reprodução/ The Mirror)

“Fui ao hospital por capricho depois que um exame de saúde no trabalho mostrou que minha frequência cardíaca em repouso estava muito mais alta do que o normal”, contou, para os 10 mil seguidores que acumula nas redes sociais. “Se estou sendo honesta sobre a situação, eu tinha noventa e cinco por cento de certeza que estava grávida. O exame de saúde no trabalho foi a gota d’água. Saí do trabalho e fui direto para o hospital na esperança de que eles me fizessem apenas um exame de sangue e me tranquilizassem”.

Ela ainda conta que os médicos observaram uma espécie de sombra ao redor do seu coração, que seria responsável pelo grave quadro de saúde anunciado posteriormente. “Eu estava trabalhando no dia em que me ligaram para avisar que eu estava com câncer. Fiquei calmo. Me despedi dos meus colegas de trabalho e saí para começar a fazer um plano”, relembra, então. Por sorte, em 2020, após dois tratamentos de quimioterapia, Mia se livrou completamente do câncer.

Mia teve de passar por duas quimioterapias
Mia teve de passar por duas quimioterapias (Foto: Reprodução/ The Mirror)

“Se eu não tivesse ido ao hospital naquele dia, com o câncer se fechando em meu coração e pulmões, eu provavelmente teria morrido de ataque cardíaco”, alerta. Sobre a notícia de que estava curada, a paciente ainda se emociona, “O momento foi algo que eu realmente não consigo expressar em palavras. Eu estava incrivelmente orgulhosa de mim mesma. Grata pela vida, feliz e extasiada”, confirma.