Primeiro teste de gravidez para mulheres cegas é desenvolvido: veja como funciona

Criação foi desenvolvida pelo designer britânico independente Josh Wasserman em parceria com a instituição de caridade Royal National Institute of Blind People (RNIB)

Resumo da Notícia

  • Produto foi desenvolvido no Reino Unido
  • O objetivo é aumentar a acessibilidade para mulheres cegas
  • Futuramente vai ser produzido em larga escala

Toda mãe que descobriu a gravidez através de um teste lembra do momento que olhou para aquele bastão e leu que estava grávida, é uma emoção sem preço. Mas algo que não é muito pensado é a acessibilidade destes testes para mulheres cegas, que não tem a possibilidade de ler o resultado.

-Publicidade-
É possível saber o resultado apenas com o passar da mão (Foto: Reprodução / UOL)

Pensando nisso, o designer britânico independente Josh Wasserman, em parceria com a instituição de caridade Royal National Institute of Blind People (RNIB), desenvolveu um produto que permite que a mulher descubra a gestação por meio do tato. A criação pode ser produzida e distribuída em larga escala nos próximos anos.

Como funciona

Se o resultado der positivo, na parte de cima do aparelho, acontece uma elevação de bolinhas. Pensando na acessibilidade do protótipo, foi adicionado também um recurso ativado por meio da urina. Facilitando também a realização do exame, ele é muito maior e também tem alterações táteis para confirmar que tudo ocorreu como o esperado. Confira a publicação aqui!

Acessibilidade

A Royal National Institute of Blind People (RNIB), reforça a importância dessa criação e diz que esse é o primeiro passo para permitir que mulheres com deficiência visual sejam as primeiras a saberem sobre as gestações, respeitando a privacidade. Caso ao contrário, elas continuariam dependendo de outras pessoas lerem os resultados por elas, coisa que nem toda mulher quer e se sente confortável. Um grande passo para as pessoas com deficiência, e logo logo veremos essa inovação em todas as farmácias.