Coronavírus: Governo de São Paulo adota medidas para proteger as famílias

Após o primeiro caso confirmado da doença no Brasil, o governador João Doria criou um centro de contingência para monitorar e evitar a propagação do vírus

Resumo da Notícia

  • Na manhã desta quarta-feira (26) foi confirmado o primeiro caso de coronavírus no Brasil
  • Como o homem infectado mora em São Paulo, o governo está adotando algumas medidas de proteção
  • Em nota, disseram que criaram um centro para monitorar e coordenar ações contra a propagação do novo coronavírus
Prevenir é sempre o melhor remédio (Foto: Getty Images)

Depois da confirmação do primeiro caso de coronavírus no Brasil, na manhã desta quarta-feira (26), o Governo de São Paulo está tomando medidas para proteger a população e garantir que não tenham mais casos.

-Publicidade-

Em nota, comunicaram que foi criado “um centro de contingência do Estado para monitorar e coordenar ações contra a propagação do novo coronavírus em São Paulo”. O espaço atuará na Secretaria de Estado da Saúde e conduzirá as medidas de enfrentamento ao COVID-19.

O centro será presidido pelo o infectologista David Uip e também contará com profissionais do Instituto Butantan, médicos especialistas das redes pública e privada, sob a supervisão do Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

-Publicidade-

“É imprescindível que, ao apresentar os sintomas, as pessoas procurem um serviço de saúde mais próximo, como fez este paciente”, afirmou o Secretário Germann.

Além dos sintomas como febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza é preciso observar outros aspectos epidemiológicos, como histórico de viagem em área com circulação do vírus ou mesmo contato próximo a algum caso suspeito ou confirmado laboratorialmente para COVID-19.

“A prevenção é o mais importante para doenças respiratórias, pois vírus não respeita fronteira”, finaliza o infectologista David Uip. O homem que foi detectado com a doença está em isolamento domiciliar, estável. Além dele, há outros 11 casos suspeitos da doença na capital. Todos sob investigação.

Os coronavírus são uma família de vírus conhecida há mais de 50 anos. Tem este nome porque parece uma coroa, se visto no microscópio. Algumas cepas infectam seres humanos, outras infectam somente animais. O novo vírus (2019-nCoV) provavelmente é uma mutação que não atingia humanos e, nos últimos meses, passou de um animal para uma pessoa em um mercado de frutos do mar e animais vivos na cidade de Wuhan, na China.

 

Saiba como se proteger da doença

Para se prevenir, a recomendação do Ministério da Saúde é a mesma feita para a prevenção de infecções respiratórias agudas. São elas:

  • evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • lavar as mãos com frequência, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  • não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • manter os ambientes bem ventilados;
  • evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!