;
Bebês

Bebê de 6 dias é o primeiro a sobreviver à doença mortal e surpreende o mundo

Ele foi apelidado pelos médicos de "jovem milagre"

Cecilia Malavolta

Cecilia Malavolta ,Filha de Iêda e Afonso

Benedict é a pessoa mais jovem do mundo a sobreviver ao vírus do Ebola (Foto: Reprodução Unicef)

Benedict é a pessoa mais jovem do mundo a sobreviver ao vírus do Ebola (Foto: Reprodução Unicef)

Uma bebê de apenas 6 dias se tornou a pessoa mais jovem a  sobreviver ao vírus do Ebola. Essa doença, considerada uma das mais mortais do mundo, é extremamente contagiosa, sendo transmitida pelos fluidos corporais inclusive após a morte.

Benedicte, chamada de “jovem milagre“, contraiu a doença logo após o nascimento, quando sua mãe, contaminada pelo vírus, morreu no parto. Ela ficou internada por mais de um mês, sendo cuidada em Beni, sua cidade natal, por pessoas que se recuperaram da doença e agora não precisam de roupas pesadas para se proteger.

Essas pessoas, chamadas de babás, “desempenham um papel fundamental no cuidado de crianças doentes que precisam de mais atenção e de uma presença tranquilizadora ao seu lado durante o tratamento”, afirmou o Ministério da Saúde para a rede de TV norte-americana ABC News.

De acordo com a Unicef, de 10 casos de ebola, um é de uma criança com menos de 5 anos – nesses casos, a taxa de mortalidade é ainda maior que em adultos. Mais de 400 crianças se tornaram órfãs após o surto de Ebola no Congo – e acredita-se que essa contaminação tem acontecido através da amamentação e contato com pais infectados.

Leia também

Mãe dá à luz com 30 semanas e desabafa: “Nosso plano era simplesmente sobreviver”

Conheça a primeira criança do mundo a sobreviver depois de engolir bexiga

Mãe é proibida de visitar o filho em estado terminal e o motivo é revoltante