Criança

Morre nos EUA criança de 2 anos que a mãe lutou para conseguir permissão para vê-lo

Abdalah tinha uma doença cerebral genética muito grave

Jéssica Anjos

Jéssica Anjos ,filha de Adriana e Marcelo

(Foto: Reprodução/ CBS)

Abdalah Hassan, o menino de 2 anos que a mãe, iemenita, lutou para conseguir o visto nos Estados Unidos para poder ver o filho no hospital da Califórnia onde estava internado, morreu na última sexta-feira (28) à noite, de acordo com o jornal The New York Times.

“Estamos com o coração partido. Temos que dizer adeus ao nosso bebê, a luz das nossas vidas”, disse o pai do bebê em entrevista ao jornal. A mãe da criança, Shaima Swileh, conseguiu entrar nos Estados Unidos no último dia 19 depois que o estado de Washington aceitou dar permissão à mulher para se despedir do filho antes de sua morte.

(Foto: Reprodução/ CBS)

Abdalah morreu no hospital infantil UCSF Benioff de Oakland, na Califórnia. O bebê, que nasceu no lêmen, foi diagnosticado com uma doença cerebral genética após o nascimento. Há alguns meses, o pai do bebê, que é americano, decidiu levar a criança aos Estados Unidos para tentar uma cura.

Porém, a mãe de Abdalah teve o visto negado por causa do veto migratório criado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aos cidadãos de lêmen, Irã, Líbia, Somália e Síria.

Leia também:

Finalmente! Após morte de criança na fronteira dos EUA, governo anuncia mudanças

Uma jornalista americana caiu no choro ao noticiar a separação de famílias imigrantes nos Estados Unidos. E nós também

Dentro da lei: qual o primeiro passo para se mudar com a família para os Estados Unidos?