Bebê adulta gasta mais de R$ 1.300 em fraldas por mês e dorme no próprio berço

Em uma comunidade online, Paigey, de 25 anos, é bancada pelos fãs e produz conteúdo online para ajudar outras pessoas que tenham o mesmo estilo de vida que o dela

Resumo da Notícia

  • Paigey adotou o estilo de vida em maio de 2018
  • Ela compartilha a vida com os seguidores e cria conteúdo online como entretenimento
  • A intenção a comunidade é ajudar outras pessoas que tenham o mesmo estilo
  • Além de contar sobre os hobbies, Paigey falou sobre como é a rotina
Os fãs ajudam Paigey a pagar as despesas (Foto: reprodução / Instagram @mindlessdiaper)

Paigey, uma mulher de 25 anos, decidiu viver como um bebê, em tempo integral, e compartilha o dia a dia pelas redes sociais. Ela tem até mesmo o próprio berçário, além de gastar cerca de 300 dólares por mês com fraldas, que são pagas pelos fãs.

-Publicidade-

Com um programa de assinatura online, ela fala com membros de uma comunidade de amantes de fraldas e os 426 assinantes, a ajudam financiar as despesas do estilo de vida incomum dela. Todos os dias, Paigey tem a rotina de acordar em um berço pela manhã e após trocar a fralda, ela passa o tempo brincando e produzindo conteúdo online para os seguidores.

Em entrevista ao Daily Mail, ela explicou: “Eu sempre colecionava brinquedos e tinha um senso de humor mais jovem, então todos os meus amigos e familiares foram muito receptivos. Se você agir como se não fosse grande coisa, as pessoas vão relevar a sua indiferença no caminho delas”.

-Publicidade-
Ela decidiu assumir o estilo de vida em 2018 (Foto: reprodução / Instagram @mindlessdiaper)

Assim que atingiu a maioridade legal, ela pesquisou sobre pessoas com o mesmo interesse e estilo de vida e encontrou uma comunidade inteira sobre o assunto. Tudo isso começou em maio de 2018, com a intenção de ajudar que outras pessoas não sentissem vergonha de agir como um bebê adulto.

Sobre os hobbies, Paigey contou que ama brincar: “Gosto de brincar com brinquedos. Somos trazidos alegria pelas coisas que fizemos quando crianças. Coleciono Polly Pocket e Barbies. Gosto de brincar também com meus bichos de pelúcia. Ela afirmou ainda na entrevista que tem um retorno muito positivo dos seguidores e não se intimida com o estilo de vida.

Sobre as críticas ela explicou que: Algumas pessoas simplesmente não entendem por que um adulto gostaria de agir ou viver como uma criança. Tudo tem a ver com a mentalidade de deixar que pequenas coisas lhe tragam alegria”.

Paigey é noiva e falou sobre o relacionamento do casal (Foto: reprodução / Instagram @mindlessdiaper)

Paigey contou que embora seja um bebê adulto, ela consegue conviver normalmente em ambientes fora do próprio berçário: “Posso me vestir como uma criança, mas não vou beber uma garrafa de leite e chupar uma chupeta. Sou discreta quando estou em público”.

Apesar do estilo diferente, ela falou que está noiva e como ele lida com a situação: “Ele não tem esse estilo de vida, mas o apoia. Estamos juntos há cinco anos e ele me contou que nunca teve uma parceira assim”, concluiu.

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!

-Publicidade-