Bebês

Enfermeira adota menino que ela ajudou no parto: “Sinto que o conheço”

Os pais de Jackson não puderam o criar

Letícia Vaneli

Letícia Vaneli ,filha de Alcides e Eugênia

(Foto: Reprodução/ABC News)

 

Claire Mills é enfermeira do hospital Houston Methodist Medical Center e, em poucos segundo, segundos se apaixonou por um recém-nascido, quando foi chamada para participar de uma cesárea de emergência, durante a sua segunda semana de trabalho.

“Senti imediatamente uma conexão instantânea com ele”, disse ela em entrevista para o jornal americano ABC News. “Ele apenas se sentiu muito confortável comigo. Sinto que o conheço.”  

Jackson teve que ficar internado na UTI neonatal e durante todo o tempo Mills cuidou e o alimentou, ela também ficou próxima da mãe biológica e assistente social. O tempo passou e a criança recebeu alta e foi levado com a mãe

“Fiquei tão magoada que chorei, mas liguei para a assistente social e perguntei se havia algo que eu pudesse fazer para ajudar a sustentar a mãe”, relatou. Não demorou muito para que a mãe de Jackson ligasse para a enfermeira e dissesse que ela poderia adotar seu filho.

Jackson está morando com a mãe adotiva (Foto: Reprodução/ABC News)

“É meio assustador ao mesmo tempo porque sou solteira, acabei de comprar uma casa”, contou. “Mas, eu sei que era ser, então tudo vai dar certo.”

O bebê tem 4 meses e vive com Mills, mas o processo de adoção ainda está em andamento. “Ele está sempre sorrindo e rindo. Ele é o melhor bebê de todos os tempos. Eu tive muita sorte”, finalizou.

Fique por dentro do conteúdo do YouTube da Pais&Filhos:

 

Leia também:

Bruna Marquezine vai ser mãe? Atriz fala sobre possibilidade de adotar criança africana 

A família vai aumentar? Jornal americano diz que Angelina Jolie quer adotar mais um filho

Família negra sofre preconceito após adotar criança: “Me perguntam se sou a babá dele”