Massagem no bebê: saiba como fazer a shantala e quais produtos usar

Entenda a importância desse ritual para fortalecer o vínculo das crianças com os pais, conheça os óleos indicados e como devem ser aplicados

Resumo da Notícia

  • Saiba como fazer massagem no seu filho
  • A técnica auxilia ainda para a construção de vínculos com o bebê
  • Veja quais produtos usar

A conexão do filho com a mãe é forte e acontece antes mesmo do nascimento. Desde o momento da gestação, esse laço já está sendo construído. A amamentação, o banho, o colo e o abraço fortalecem esse relacionamento no dia a dia. E a massagem também tem um papel fundamental na formação desse vínculo.

-Publicidade-
A massagem oferece um maior vínculo durante o contato com o bebê(Foto: Shutterstock)

Ela favorece ainda mais essa conexão, porque proporciona um contato pele a pele e traz uma série de benefícios para o bebê. Conhecida como shantala, essa técnica ajuda a aliviar o estresse e controlar o choro. A massagem foi criada na Índia e é uma homenagem à mulher que ensinou essa técnica para o médico e obstetra francês Frederick Leboyer.

Antes de qualquer coisa, saiba que você não precisa ser especialista em massagens e nem transformar esse momento em mais uma obrigação, não precisa ser nada formal. É mais uma oportunidade de agradar o bebê e transmitir cuidado, carinho e amor. O ideal é fazer após o banho, porque ele já estará sem roupa e ainda úmido, o que facilita o processo da aplicação do óleo.

-Publicidade-

Passo a passo da shantala

Comece abaixo das costelas e massageie a barriga do bebê desenhando círculos com os dedos no sentido horário, isso ajuda na digestão. Coloque um óleo ou uma loção em suas mãos e esfregue elas para aquecer o produto e proporcionar uma massagem mais confortável e agradável. Utilizando a mão inteira, massageie suavemente as coxas da criança, colocando uma leve pressão. Dobre as pernas e os joelhos com cuidado, para empurrar levemente as coxas contra o corpo.

Saiba como fazer massagem no bebê (Foto: Getty Images)

Já com o polegar, pressione suavemente cada dedo do pé, a sola do pé e novamente os dedos. Em seguida, acaricie cada um dos dedos e use movimentos circulares para massagear os calcanhares. Faça um anel com o polegar e o dedo médio envolta do braço do bebê. Faça carinho na axila e trabalhe ao longo do braço – tome cuidado com os cotovelos, porque é uma região ultrassensível. Para a área do rosto, comece acariciando a testa, as têmporas e a parte inferior do crânio. Vá para as sobrancelhas e pálpebras, o nariz, as bochechas, a boca e por último as orelhas e áreas adjacentes a elas.

Escolhendo os produtos

Ao escolher os óleos e as loções, é importante que eles sejam dermatologicamente testados e com fragrâncias suaves, para não dar alergias de pele. A Granado tem uma linha completa com óleos e loções com cheiros suaves e feitos apenas para os bebês.

Óleo bebê lavanda (Foto: Divulgação)

Os óleos de erva-doce, lavanda ou tradicional são formulados com óleos vegetais, vitamina E e livres de conservantes, a vitamina também ajuda a hidratar a pele do bebê. Todos os recipientes contêm 120ml de produto.

Veja os melhores produtos para os cuidados com o seu filho (Foto: Getty Images)

Já as loções são de lavanda, erva-doce, tradicional e camomila. Elas são hidratantes e deixam um toque suave, a fórmula contém manteiga de karité, óleo de girassol e cera de candelila (que substitui a cera de abelha), as embalagens também são de 120ml.

Hidratante suave tradicional e óleo bebê Granado (Foto: Divulgação)

Além desses produtos, existe também o hidratante dermocalmante, que é mais usado para bebês de peles sensíveis, disponível em dois tamanhos: 120ml e 300ml. Ele é diferente dos outros, porque sua fórmula contém ceramidas, alantoína, proteínas do trigo, da aveia e amêndoa doce, assim como manteiga de karité e óleo de girassol.

Loção hidratante dermocalmante Granado (Foto: Divulgação)

-Publicidade-