Educação na pandemia: seu filho precisa saber que você acredita na capacidade de superação dele

Tem algum fator aí dentro que está tomando conta de você, tirando sua capacidade de pensar racionalmente sobre o que vai acontecer com o ano letivo do seu filho?

Lidamos todos os dias com fantasmas que consomem nossos pensamentos. E, depois de nos tornarmos mães, esses fantasmas além de nos assombrar pessoalmente, cuidam de tentar nos fazer crer que estamos sempre falhando no papel de responsáveis. Precisamos tirar tempo para pensar muito sobre nossos pensamentos. E tentar descobrir de onde eles vêm, para que possamos lidar com eles.

Antes de supor como seu filho irá desempenhar neste ano letivo, demonstre apoio (Foto: Thinkstock)

Antes de sair tomando uma atitude quando estiver angustiada, como nesse caso do ano letivo de nossos filhos, é melhor refletir sobre os pensamentos que nos chegam. Quando preferimos enfrentar a dor de dizer que um filho já pode ser reprovado, mesmo antes que ele tenha tido a oportunidade de cursar sequer metade do ano letivo, estamos tentando fugir de algo que nos assusta mais do que a realidade em si.

11º Seminário Internacional Pais&Filhos – A Sua Realidade

Está chegando! O 11º Seminário Internacional Pais&Filhos vai acontecer no dia 1 de junho, com oito horas seguidas de live, em formato completamente online e grátis. E tem mais: você pode participar dos sorteios e ganhar prêmios incríveis. Para se inscrever para os sorteios, ver a programação completa e assistir ao Seminário no dia, clique aqui!

Medo de que o filho tente e não consiga? Medo de que ele tenha que enfrentar uma rotina de estudos mais puxada no próximo ano e não dê conta? Medo de que ele desista de si mesmo, e aí já desistimos por ele? Medo de nós mesmas compararmos nosso filho com o colega da sala que, de repente, volta para a escola sabendo mais que ele? Seja qual for a resposta, precisamos enfrentar nossos medos.

O ano letivo vai passar. As crianças vão conseguir retomar a vida plena de estudantes e superar os desafios que ficarem. E isso não depende do seu desejo ou do quanto de energia você coloca para que seu filho consiga aprender. Há muitos fatores envolvidos no processo de aprendizagem, especialmente quando nossas crianças precisaram estudar sem poder estar presentes na escola.

Mas tudo isso vai passar. Vai se tornar parte da história de vida do seu filho. E de todos os colegas de classe que ele terá depois disso. Também dos adultos com os quais ele vai conviver no futuro. Não se culpe. Não se cobre tanto. Você vem fazendo o melhor que pode, há mais tempo do que era previsto inicialmente. Não se preocupe tanto com o futuro. Do contrário, vai acumular mais alguns fantasmas aí na sua mente e haja terapia para lidar com eles depois.

Seu filho precisa saber que você acredita na capacidade de superação que ele tem. E precisa de você, mãe, inteira, capaz de se divertir e aproveitar momentos em família, mesmo em tempos de menor campo de visão em relação ao que vem pela frente. Seja lá o que você tenha enfrentado de desafio durante a sua infância, hoje você já sabe que a intenção dos seus pais foi a melhor. Não tem problema se você não acertar em cem por cento das tentativas que fizer. Basta seguir em frente, sem desistir. Torne seus dias mais leves, com momentos de brincadeiras em família e um orgulho imenso dessa Mãe incrível que seu filho escolheu para essa vida!