Criança

Casal colhe plásticos do oceano para transformá-los em próteses para deficientes

A organização é sem fins lucrativos

Nathália Martins

Nathália Martins ,Filha de Sueli e Josias

(Foto: Reprodução da Internet)

(Foto: Reprodução da Internet)

Laura e Chris Moriarity, um casal de Illinois, nos Estados Unidos, decidiram fundar a “Million Waves Project”, uma organização sem fins lucrativos que retira plásticos do oceano e os transforma em próteses para crianças com deficiência física.

O casal corta o plástico com as mãos e depois o coloca em um triturador. Depois deste processo, eles transferem o material para uma impressora 3D que, por meio de um aplicativo, se conecta com as crianças deficientes para que elas possam personalizar a própria prótese. Dá para acreditar?

A organização funciona por meio de doações, patrocínios e vendas de chaveiros no site da Million Waves Project. “Nós reunimos 2 situações globais inaceitáveis e oferece uma solução prática e sustentável”, dizem eles no site.

Para aumentar ainda mais a produção e poder ajudar mais crianças, Laura e Chris estão tentando arrecadar dinheiro para comprar uma trituradora comercial que multiplicaria em 10 vezes o que a que eles têm atualmente faz. Vem conhecer a instituição clicando aqui.

Leia também:

Fralda feita de mandioca é a nova invenção para burlar a poluição ambiental

Boa! Starbucks promete eliminar canudos plásticos da loja até 2020

Sustentabilidade: como o assunto deve ser abordado na escola