Menino com diabetes ganha cachorro preparado para alertar mudanças de saúde

O animal, que foi apelidado de Lucky, foi treinado para diagnosticar quedas no nível de açúcar do sangue da criança. É um amigo e enfermeiro particular

Resumo da Notícia

  • Um menino ganhou um presente especial da família e comunidade
  • Um cachorro que é capaz de diagnosticar alterações de açúcar no sangue
  • Ele será de grande ajuda para a família, pois a criança possui diabetes tipo 1

Grady Lucas, de 10 anos, ganhou um presente mais que especial. O menino que moram em Kentucky, Estados Unidos, é diabético. Além de toda a animação por ter um animal de estimação, ele também ajudará nos cuidados com a saúde.

-Publicidade-
Grady Lucas apelidou o cachorro de Lucky (Foto: reprodução/YouTube)

Isso porque o cão da raça goldendoodle foi treinado por sete meses antes de chegar na família. Lucas possui diabetes tipo 1 e, por isso, usava um aparelho de monitoramento sobre o nível de açúcar no sangue.

O dispositivo deveria alertar caso o número caísse, contuso um dia isso não aconteceu e essa falha quase causou a vida da criança. Como solução, a enfermeira do menino sugeriu que tivessem um cão treinado para diagnosticar essa alteração.

-Publicidade-

O caso chegou na comunidade, que se comoveu e mobilizou para ajudar a família, arrecadando 23 mil dólares para que pudesse ter o animal e pagar pelo treinamento. O cachorro foi batizado de Lucky e Lucas já aprendeu como usar os comandos para que o animal entenda. “Ele é muito fofo e vai me ajudar com meu diabetes”, disse Lucas para a WLWT.

O cachorro foi treinado por sete meses antes de chegar na família (Foto: reprodução/YouTube)

Confira o vídeo completo:

Ter um bicho de estimação é tudo de bom!

Abrir a casa para um novo integrante – geralmente de quatro patas – é um grande passo, principalmente quando já se tem filhos. Não há como negar que eles animam o lar e que não tem nada mais gostoso do que chegar e ser recepcionado com muita alegria. Eles dão trabalho e demandam mais cuidados e responsabilidade, mas crescer ao lado de um animal de estimação trará muitos benefícios para os seus filhos e família – e podemos provar!

Segundo um estudo feito na Universidade da Flórida, nos Estados Unidos, crianças que têm cachorro são menos estressadas. A pesquisa funcionou assim: foram aplicados testes de fala e lógica, que são conhecidos por aumentar os níveis de estresse e da quantidade de cortisol, em crianças ao lado dos pais, dos cães e sozinhas.

O resultado mostrou que quando Ao lado do bicho de estimação, meninos e meninas apresentavam sentimentos menos estressantes e menor nível de cortisol na saliva. E não para por aí. Segundo Renata Basile Medina, veterinária especializada em neurologia pela UNESP de Botucatu, a criança que tem um cachorro tem, na realidade, um fiel companheiro.

-Publicidade-