Criança

Menino com tumor cerebral é roubado e bandidas escrevem carta pedindo desculpa

O caso aconteceu nos Estados Unidos

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

Menino foi roubado por duas mulheres (Foto: Reprodução / jornal)

Timmy Vick, de 5 anos, tem autismo e foi diagnosticado com tumor cerebral em outubro do ano passado. O menino arranja forças para conseguir vencer essa doença por meio da Luta Livre, e por isso, o pai deu para ele um cinturão. O pai de Timmy enviou o presente para o lutador Sergio Moreira, pois precisava de reajustes e o artista concordou em modificar gratuitamente.

Porém, o que eles não esperavam é que no meio do caminho, o presente seria roubado. Por isso, Moreira mandou as imagens de câmera de segurança para o noticiário local, para que alguém visse e descobrissem quem foram os responsáveis pelo roubo. “Quero que eles saibam que tiraram a esperança de um menino de 5 anos que está ansioso para que os cintos voltem a ele”, disse Sérgio Moreira à agência de notícias local KIRO7 .

“Você roubou isso dele. Você quebrou o coração de uma criança”, lamentava Sérgio. E a tentativa de entrar em contato com as bandidas deu certo! As duas responsáveis pelo roubo pediram perdão e prometeram parar de roubar quando descobriram que a vítima era um menino de cinco anos com uma doença tão grave. As duas foram à casa de Moreira para devolver os cinturões junto com uma carta de quatro páginas com um pedido de desculpa.

A carta tinha quatro páginas (Foto: Reprodução / SunnySkyz)

Uma das duas mulheres era dependente química e a outra não tinha onde morar, que se diziam envergonhadas pelo que haviam feito e que Timmy era o “herói real”. “Nós nunca quisemos roubar a esperança de uma criança. Depois do noticiário resolvemos não fazer mais isso ”, dizia a carta.

De acordo com Moreira, as moças estavam chorando e realmente aparentavam estar arrependidas quando devolveram o presente. E Sérgio, as abraçou e disse que não iria prestar queixa à polícia.

  • Leia o texto abaixo o texto que estava na foto traduzido para o português:

“Nós sentimos muito por roubar seu objeto. Nunca em um milhão de anos eu imaginaria que iria roubar algo de uma criança de cinco anos com uma doença grave. Eu tenho um filho de 6 anos de idade e estou com vergonha do que eu fiz. A vida tem seus altos e baixos para a gente, nós não temos onde morar e nós estávamos tentando fazer um dinheiro rápido. Nós nunca quisemos roubar a esperança de uma criança. Nós estamos desenvolvendo tudo o que levamos neste pacote rosa. Vamos bater na sua porta e dizer a mesma coisa. Eu estou sem jeito e envergonhada comigo mesma e mereço o ódio do mundo inteiro. Por favor, encontre um jeito de nos perdoar no seu coração”.

Leia também:

Mãe descobre 17 tumores no cérebro e desabafa: “Estou aproveitando cada segundo com meu filho”

Menina com tumor cerebral é retratada pelos pais de uma forma emocionante

Médicos encontram dentes inteiros em cérebro de bebê e têm descoberta chocante