Criança

Seu filho é um colecionador? 5 dicas para lidar com essa fase

Temos bons motivos para você começar a gostar da coleção dele

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

(Foto: iStock)

(Foto: iStock)

Quando seu filho chegar aos 7 anos, ele provavelmente vai querer colecionar alguns brinquedos. Podem ser carrinhos, dinossauros, bonecas LOL ou qualquer uma dessas diversas coleções que existem por aí. É normal, não precisa se desesperar. Talvez esse seja o momento de começar a dar uma mesada para que a criança possa economizar e montar sua própria coleção. A gente separou algumas dicas para essa nova fase, vem ver:

1 Aceite a quantidade de coisas 

Para um adulto, todas aquelas caixas podem parecer desordem, mas para o seu filho, colecionar é um exercício emocionante na criação de um mundo todo que ele tem controle. Esses brinquedos ajudam as crianças a se encaixarem e se unirem, dando-lhes um ponto de partida para conversas, já que é uma maneira fácil de socializar.

2 Cada um no seu quadrado 

Seu filho não lembra onde ele deixou o casaco e, por isso, tem que ser lembrado um bilhão de vezes para pegar os brinquedos da sala. Isso fará com que ele crie uma devoção por cuidar de seus “bens valiosos”. Essa coleta cria um sentimento de orgulho e propriedade em crianças.