Criança

Tem um atleta em casa? Te ensinamos como protegê-lo dos machucados

Se você é do time das mães que sofre com as lesões do seu filho, veja estas dicas!

Logo-Parents (1)
Redação Pais&Filhos

Redação Pais&Filhos

young-soccer-players-warming-up-picture-id615917380

(Foto: iStock)

De acordo com especialistas, as lesões em crianças estão aumentando. Isso por conta da quantidade de exercícios físicos e esforços que os pequenos vêm fazendo desde cedo. Os problemas mais comuns que os pais enfrentam normalmente não são os ferimentos agudos, como ossos quebrados ou concussões e, sim, as lesões causadas pelo uso dos mesmos músculos, tendões e ligamentos repetidamente.

Além de envolver seus filhos antes de irem para a prática, os especialistas dizem que os pais podem fazer muito para protegê-los de ferimentos. Os esportes, afinal de contas, são bons para as crianças. Separamos cinco maneiras de ajudar seu filho a se manter ativo por um longo tempo:

1. Calma! Não se especialize em um esporte cedo demais
Seu filho pode apresentar um talento excepcional para ginástica ou futebol, mas concentrar-se em uma atividade muito cedo em suas vidas levará às lesões mais comuns. Além de dificultar a coordenação e o desenvolvimento, porque as crianças não têm a oportunidade de usar múltiplos grupos musculares de maneiras diferentes. Só é seguro focar em apenas um esporte depois que a criança atinge a puberdade.

2. Fique dê olho! Confira o treinador e o programa
Muitos programas de jovens são liderados por pais bem-intencionados que não têm necessariamente experiência em como treinar. Antes de registrar uma criança para uma equipe específica, saiba sobre o programa.

3. Menos é mais! Exija descanso e tempo de recuperação
Todos os corpos precisam de tempo para se adaptar às demandas de treinamento – especialmente corpos que ainda estão crescendo. “As pessoas se machucam porque não dormem o suficiente, não equilibram sua nutrição o suficiente, não se hidratam”, diz Michelle Cappello, fisioterapeuta e diretora do Centro de Medicina Esportiva para Jovens Atletas da UCSF Benioff.

4. Preparação é tudo! Ensine aquecimentos adequados
Um dos problemas mais comuns para os atletas em crescimento (especialmente as meninas) são as lesões do ligamento cruzado anterior no joelho, que podem tirar uma criança do jogo por até nove meses. A prevenção, no entanto, é fácil e vale para quase todos os esportes para meninos e meninas: certifique-se de que os atletas estão levando 10 ou 15 minutos para aquecer adequadamente antes dos treinos. Começar qualquer atividade com músculos frios é uma receita para o desastre, não importa a idade.

5. Alegria em primeiro lugar. Certifique-se de que seu filho está se divertindo
Quando uma criança começa a arrastar os pés para praticar ou diz que não se sente bem, comece a fazer perguntas. Isso pode ser um típico sinal de alerta de que a pressão é muito alta, as exigências físicas se tornaram demais ou algo não parece certo. Você tem que ter certeza de que seu filho quer fazer o esporte e de que ele está se divertindo.

Leia também:

Por que meu filho precisa de limites?

60,6% das brasileiras nunca jogaram futebol

5 coisas que você deveria ensinar ao seu filho para o bem das meninas

Você gostou desse conteúdo?

Sim Não