Cabeleireira fala sobre conversa entre Monique Medeiros e Henry após suposta agressão

A funcionária do salão deu um depoimento à polícia na última quarta-feira, 14 de abril

Resumo da Notícia

  • Cabeleireira de Monique Medeiros conta que ela ligou para Henry após suposta agressão
  • A funcionária do salão deu um depoimento á polícia na última quarta-feira, 14 de abril
  • No depoimento, ela comentou trechos de ligações que ela ouviu enquanto Monique estava no salão

Uma funcionária do salão de beleza que Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, frequentava, prestou um depoimento à polícia na delegacia da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, na última quarta-feira, 14 de abril. Segundo informações obtidas pela CNN, a cabeleireira contou que Monique fez uma chamada de vídeo com o filho enquanto estava sendo atendida.

-Publicidade-
Cabeleireira fala sobre conversa entre Monique Medeiros e Henry após suposta agressão (Foto: Reprodução/TV Record)

Na ligação, segundo o que foi informado pela cabeleireira, Henry estava chorando e perguntou à mãe: “mãe, eu te atrapalho? O tio disse que te atrapalho”. Monique, então, disse que não. Ainda durante a ligação, o garoto pediu para a mãe ir para casa e ela perguntou o que havia acontecido. A profissional do salão disse que, nesse momento, não lembra a frase exata usada pelo garoto, mas que havia sido algo como “o tio bateu” ou o “o tio brigou”.

Ainda no depoimento, a cabeleireira contou que, depois disso, a babá enviou um vídeo de Henry para Monique. No vídeo, a babá filmou o menino andando, mostrando que ele estava mancando. No relato, a cabeleireira contou que Monique perguntou à babá o que havia acontecido e ela disse que não viu, porque a porta estava trancada.

A cabeleireira disse, então, que se afastou de Monique por um tempo e, quando voltou, percebeu que ela estava agitada. Em outra ligação telefônica, ela conta que Monique teria dito “você nunca mais fale que meu filho me atrapalha, porque ele não me atrapalha em nada”.

A funcionária do salão também contou que lembrava de mais um trecho da conversa, na qual a mãe de Henry  disse: “você não vai mandar ela embora, porque se ela for embora, eu vou embora junto, porque ela cuida muito bem do meu filho. Ela não fez fofoca nenhuma, quem me contou foi ele”. A cabeleireira disse, ainda, que em outro momento ouviu Monique dizendo: “quebra, pode quebrar tudo mesmo, você já está acostumado a fazer isso”.

O depoimento não parou por aí. Ainda segundo o que ela falou, Monique havia perguntado à cabeleireira se ela conhecia alguma loja que vendia câmeras de shopping. A mãe, então, disse que estava com pressa e precisava ir embora. Monique ainda voltou no salão outras duas vezes. Ainda na quarta-feira, 14 de abril, os advogados de Monique informaram que ela prestará um novo depoimento.

Monique tinha falado com a babá sobre o interesse de comprar câmeras

A Polícia mostrou mensagens entre a mãe de Henry Borel, Monique Medeiros e a babá da criança, Thayna de Oliveira. A empregada descreveu à mãe (em tempo real) as agressões que a criança foi submetida pelo padrasto, o vereador Dr. Jairinho (afastado do Solidariedade) no dia 12 de fevereiro.

A Polícia mostrou conversa da mãe de Henry Borel com a babá relatando agressões de Jairinho (Foto: Reprodução/ G1)

Durante a conversa com a babá capturada pela polícia, Monique mostrou o interesse em comprar câmeras para colocar na casa. Veja o trecho abaixo:

  • 16:50 – MONIQUE: O que
  • 16:50 – THAYNA: Você um dia falar que vai demorar na rua
  • 16:50 – THAYNA: E ficar aqui em algum lugar escondida
  • 16:50 – THAYNA: Ou lá em baixo
  • 16:50 – THAYNA: E chegar do nada
  • 16:50 – MONIQUE: Ele foi pro nosso quarto ou o do Henry?
  • 16:50 – THAYNA: Para o seu quarto
  • 16:51 – MONIQUE: Eu vou colocar microcâmera
  • 16:51 – THAYNA: É sempre no seu quarto
  • 16:51 – MONIQUE: Me ajuda a achar um lugar
  • 16:51 – MONIQUE: Depois eu tiro
  • 16:51 – THAYNA: Meu padrinho instala câmeras
  • 16:51 – THAYNA: Tem até empresa de câmera
  • 16:51 – MONIQUE: Mas tem que ser imperceptível

Veja toda a troca de mensagens entre a babá e Monique clicando aqui.