Família adota morador de rua de 108 anos em homenagem a avós falecidos

Don Felipe Reyes morava nas ruas de Coahuila, no México quando foi encontrado por Benita Dearz – que se sensibilizou com a condição de vida do senhor, e teve uma ideia

Resumo da Notícia

  • Uma família no México decidiu ajudar um idoso de 108 anos que vivia em situação de rua no México
  • Ao perceber a condição em que vivia Don Felipe, na Coahuila, Benita Derz resolveu adotar o homem!
  • Eles estão oferecendo, agora, uma vida digna para o aposentado, confira!

A jovem Benita Dearz passeava pelas ruas de Coahulia, no México, quando conheceu Don Felipe Reyes, um aposentado de 108 anos que vivia nas ruas da região. A partir do encontro, o amor e cumplicidade da dupla só cresceu, e a família da moça decidiu adotar Felipe para morar com eles!

-Publicidade-

O vídeo do convite feito por Benita para Felipe virou febre nas redes sociais – e, nele, a jovem aparece comentando com o idoso sobre o desejo de integrá-lo na própria família. Quando questionado sobre onde morava, durante o registro, Felipe responde que sua casa era “aquela grande praça” – cenário da conversa.

Impressionada com a história do aposentado que, sem dinheiro algum, teve que recorrer às ruas para viver, Benita ofereceu um jantar completo para Felipe na noite da gravação do vídeo. O idoso, emocionado com o gesto, topou na hora – mas não imaginava que aceitaria, junto com a refeição, uma família completa!

Don Felipe não imaginava que ganharia uma nova família aos 108 anos! (Foto: Reprodução/ Razões Para Acreditar)

Benita ainda contou que a ajuda que prestou para Felipe veio da memória que possui dos próprios avós, já falecidos. Ela conta ainda que a dupla teria não só aprovado o seu gesto – mas também sentido muito orgulho dela. A jovem pediu, então doações de roupas e alimentos para internautas da região través das redes.

A família agora têm ainda mais amor! (Foto: Reprodução/ Instagram)

Com a chegada dos recursos, Felipe passou de um mero visitante da casa para, assim, “vovô definitivo” – como carinhosamente apelidou a Família Dearz. Aos 108 anos, Felipe não tinha mais esperança de encontrar um lar tão cheio de amor e pessoas que se importam com ele. Incrível!