Hemorroidas: o que são, como aliviar a dor, causas, tratamento e por que é comum na gravidez

Apesar de ser mais comum na população adulta, você sabia que crianças também podem ter hemorroidas? Tiramos as principais dúvidas sobre o problema que afeta cerca de metade da população

Resumo da Notícia

  • As hemorroidas podem acontecer em qualquer fase da vida, inclusive na infância
  • Na gravidez, o problema pode ser mais comum por causa das mudanças que ocorrem no corpo da mulher
  • Elas podem ser classificadas em internas e externas, além de graus relacionados às hemorroidas

Geralmente causadas por uma dor anal, as hemorroidas podem acontecer em qualquer fase da vida, inclusive em grávidas e crianças. Podendo ser classificadas em externas e internas, é superimportante que um médico especialista seja consultado para identificar o problema e dar início ao tratamento.

-Publicidade-

Apesar do nome popular ser comumente conhecido como hemorroida, o termo mais adequado é doença hemorroidária. Vale lembrar que todos possuem veias hemorroidárias e artérias hemorroidárias, mas o problema acontece quando elas estão inchadas e inflamadas.

O principal sintoma das hemorroidas inflamadas são dor anal e sangramento (Foto: Getty Images)

Em uma conversa com o Dr. Luiz Fernando Leite, obstetra do Hospital e Maternidade Santa Joana, tiramos as principais dúvidas sobre o assunto, que apesar de ainda ser considerado um tema tabu para grande parte das pessoas, não precisar ser.

O que são as hemorroidas?

Segundo o especialista, as hemorroidas são vasos sanguíneos, ou seja, varizes, que fazem parte do plexo hemorroidário perianal – estrutura venosa que se localiza no reto, canal retal e ânus, que ajuda a manter a continência fecal e realiza a drenagem desta região. “Quando este plexo inflama as pessoas têm hemorroida e neste caso a indicação é consultar um profissional de saúde para uma avaliação”.

Sintomas de hemorroida

Os sintomas de hemorroidas podem variar a partir da sua localização, ou seja, internas e externas. Por isso, é superimportante ficar atento aos sinais para notificar o médico especialista

Sintomas de hemorroida interna

  • Sangue ao redor das fezes ao evacuar
  • Dor anal (geralmente, esse caso costuma ser menos sintomático)

Sintomas de hemorroida externa

  • Prurido anal
  • Dor anal – principalmente quando está sentado
  • Dor ao evacuar
  • Nódulos próximos ao ânus
  • Inchaço ao redor do ânus
  • Sangue vermelho vivo no papel higiênico, vaso sanitário ou fezes. Saiba o que pode ser sangue nas fezes no bebê.

Como saber se a hemorroida é interna ou externa

As hemorroidas externas são mais simples de identificar, pois há um inchaço ao redor do ânus. Já as hemorroidas internas ficam dentro do reto, nem sempre existindo sintomas. No segundo caso, é possível perceber quando existe a presença de sangue nas fezes.

Tipos de hemorroidas

Além de serem classificadas em internas e externas, as hemorroidas também podem ser dividas por graus, indo de leve à grave.

  • Grau I: não se exteriorizam
  • Grau II: pode haver exteriorização, mas existe um retorno espontâneo da hemorroida
  • Grau III: há exteriorização e necessita de um auxílio manual para voltar ao normal
  • Grau IV: existe exteriorização e as hemorroidas não voltam de maneira espontânea, nem com auxílio manual

Principais causas de hemorroida

  • Alimentação pobre em fibras
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas
  • Trabalhar muitas horas em pé
  • Obesidade
  • Sedentarismo
  • Inflamação da região anal
  • Gravidez
  • Prisão de ventre crônica
  • Envelhecimento e relaxamento das fibras de sustentação do esfíncter anal

Como prevenir hemorroidas

Apesar de ser clichê, uma coisa é fato: o melhor tratamento para hemorroidas é a prevenção. Por isso, o Dr. Luiz Fernando Leite recomenda uma alimentação rica em fibras, principalmente com poucos condimentos e gorduras. Além disso, é essencial o incentivo da prática regular de atividade física e também a hidratação, ingerindo a quantidade adequada de água diariamente.

É estimado que metade da população tenha hemorroidas (Foto: Shutterstock)

Por que as hemorroidas aparecem?

O problema costuma aparecer quando há uma alimentação com poucas fibras e excesso de gorduras e condimentos, e baixa ingestão de líquidos. Mas, as hemorroidas também podem acontecer quando há uma força muito grande para evacuar. “Tudo isso contribui para um ritmo intestinal lento e como consequência um maior risco de aparecimento das hemorroidas”, explica.

Como tratar hemorroidas e aliviar a dor

De acordo com o médico, existem diversos tratamentos para hemorroidas. “Pode ser realizado por meio do uso de cremes, supositórios, comprimidos, dieta adequada, banho de assento ou até cirúrgico, dependendo do caso”, comenta. Mas, vale lembrar ainda que o tratamento só deve ser iniciado a partir de uma avaliação do profissional da saúde, que irá indicar a melhor maneira para cada caso.

Crianças também podem ter hemorroidas

Apesar de ser menos comum, é possível que crianças também tenham hemorroidas. “O fato das crianças serem muito ativas contribui para que o trânsito intestinal seja melhor. Além disso, as crianças também possuem uma camada elástica dos vasos sanguíneos mais resistente, o que dificulta a formação de varizes do plexo hemorroidário”.

Hemorroidas na gravidez

Durante a gravidez, é bastante comum o aparecimento de hemorroidas por causa de todas as mudanças no corpo da mulher. “Neste período há um efeito compressivo do útero no intestino, que favorece uma maior distensão e obstipação intestinal e quanto mais avançada for a idade gestacional maior será a pressão”, explica o especialista.

Além disso, os hormônios também podem colaborar para o surgimento do problema. “A progesterona, hormônio muito presente na gravidez, diminui o peristaltismo, que é o movimento da alça intestinal. Tudo isso, favorece o aparecimento das hemorroidas”. Para evitar que elas apareçam, o mais recomendado é praticar atividades físicas, sempre conversando com o seu médico obstetra, evitar o ganho excessivo de peso e manter a hidratação. “Entretanto, a gestante que tiver hemorroida poderá fazer o tratamento, inclusive o cirúrgico, dependendo do grau de acometimento e da gravidade”. Veja mais sobre hemorroidas na gravidez.