Família

Isis Valverde abre o jogo sobre ser mãe de primeira viagem: “Processo doloroso e solitário”

A atriz contou como lidou com os julgamentos da sociedade pós-parto

Ingrid Campiteli

Ingrid Campiteli ,filha de Sandra e Paulo

 

Isis Valverde junto com o marido e o filho Rael (Foto: reprodução / instagram)

Isis Valverde, mãe de Rael, abriu o coração sobre ser mãe de primeira viagem e a relação da maternidade com os julgamentos da sociedade. Em entrevista a revista GPS, a atriz contou um pouco como se sente com toda essa novidade. “Eu não gosto dessa ideia de que a maternidade anula a mulher. Porque isso não é real. É preciso haver espaço para as duas coisas, contou.

Ainda na entrevista, Isis continuou dizendo que após a gravidez foi total um processo de amadurecimento e tentar entender como será a vida daqui pra frente. “É um processo até entender como será a vida a partir daquele momento, que meus desejos, sonhos e vontades ainda estão ali”, explicou.

“É um processo muito rico, mas também pode ser doloroso e solitário. Afinal, a sociedade ainda tem dificuldade em acolher a mãe”, revelou dizendo que as pessoas ainda não tem tanta empatia com as mulheres que já tiveram filhos.

A atriz relacionamento o julgamento da sociedade com o que ela acredita que deveria ter feito, foi muito importante para que ela entender o que realmente importava.”E é preciso achar o próprio equilíbrio dentro da expectativa dos outros, do julgamento alheio, para não ficar extremamente preocupada com isso. Para entender quais são as opiniões que de fato importam”, refletiu sobre os julgamentos alheios”, finalizou.

Leia também:

Isis Valverde faz parte do time de mães que limita as visitas ao recém-nascido

Isis Valverde ganha dois presentes de Tatá Werneck para o filho Rael (e a gente amou)

Isis Valverde recebe críticas ao curtir primeira balada após parto e dá melhor resposta