Juliano Cazarré fala sobre papel do pai após ser chamado de machista

O ator de Pantanal, Juliano Cazarré, voltou a reforçar a importância do exemplo na vida dos filhos. Ele, que é pai de cinco filhos, comemorou a melhora da caçula

Resumo da Notícia

  • Juliano Cazarré destacou o papel do pai na vida dos filhos, principalmente meninos
  • Para ele, é fundamental que o pai seja exemplo na prática
  • O ator falou sobre isso após recentemente ter sido chamado de machista por um seguidor durante uma live nas redes sociais

Na última quarta-feira, 20 de julho, Juliano Cazarré, de 41 anos, se pronunciou durante uma live ao ser chamado de machista por um internauta. Novamente, ele falou sobre essa questão no programa “Conversa com Bial” na sexta-feira, 22 de julho.

-Publicidade-
Juliano Cazarré tem cinco filhos e destacou a importância do exemplo paterno
Juliano Cazarré tem cinco filhos e destacou a importância do exemplo paterno (Foto: reprodução/Instagram/@cazarre)

“Não é fácil ser homem e se tornar homem, porque nós somos muito atrapalhados pelos nossos impulsos, que são impulsos também de violência… A testosterona mexe com a nossa cabeça. A educação masculina é você aprender a domar esses impulsos e usá-los para o bem”, opinou.

O ator ainda afirmou que para isso é necessário que os meninos tenham exemplos e, nesse sentido, o pai tem papel importante em “controlar” esses impulsos. “Não adianta você fazer um discurso para o seu filho se você age diferente. Em casa, ele vai fazer exatamente o que ele vê você fazendo”, justificou.

Juliano Cazarré é pai de cinco filhos, Vicente, Inácio, Gaspar, Maria Madalena e Maria Guilhermina, frutos do relacionamento com Leticia Cazarré. A caçula nasceu no dia 22 de junho com Anomalia de Ebstein, uma cardiopatologia congênita. Desde então, os pais compartilharam as lutas e vitórias desse primeiro mês de vida da bebê.

Ainda durante o programa, o ator de Pantanal relembrou a descoberta da anomalia ainda durante a gestação e a necessidade do parto prematuro. “Ela é um milagre. Ela tinha quase 100% de chance de óbito”, comentou.