Kate Middleton e príncipe William estão preocupados com George: “Pode escapar das mãos deles”

Atualmente com 8 anos de idade, o futuro de George tem preocupado a Família Real. Uma fonte próxima contou que Kate Middleton e William estão vivendo tempos diferentes na realeza

Resumo da Notícia

  • Kate Middleton e o príncipe William estão preocupados com o futuro do filho mais velho, George
  • Atualmente, o menino está com oito anos de idade
  • Uma fonte próxima à Família Real disse que George está vivendo uma era onde tudo é exposto na internet, o que não acontecia nas gerações passadas, e isso pode fugir do controle

Uma fonte próxima da família real britânica afirmou que Kate Middleton e o príncipe William estão muito preocupados em como vai ser o futuro do filho mais velho, George. O menino, que está atualmente com 8 anos de idade, está crescendo com as redes sociais e onipresença das câmeras.

-Publicidade-

Os pais de George estão tomando ainda mais cuidado na criação do filho. “William e Kate estão nervosos sobre o que o futuro reserva para George. Ele está crescendo em uma era diferente de seus pais. Os tempos mudaram desde então. Não havia redes sociais ou trolls da internet quando William e Kate eram crianças”, disse a fonte em entrevista ao Us Weekly.

Como alternativa, Kate e William tem tido mais consideração nos eventos onde levam George e também os outros dois filhos, Charlotte, de seis anos, e Louis, de três. “Sentem que é necessário protegê-los dos holofotes e ficaram cautelosos em relação às aparições que eles fazem. Kate e William estão sendo mais seletivos sobre os eventos que frequentam.”

Príncipe Willian e Kate Middleton estão preocupados com o futuro do filho mais velho, George (Foto: reprodução/Instagram/@kensingtonroyal)

Daniela Elser, editora especializada da família real britânica do News Austrália, explicou em um artigo que a família tem enfrentado desafios. “A família real nunca teve que descobrir uma maneira de criar um futuro soberano em uma era de dispositivos onipresentes e à sombra do monstro que é a mídia social”.

Além disso, a especialista disse que a situação pode sair do controle eventualmente. “É claro que eles estão, muito gradualmente, sujeitando-o ao brilho extremo dos holofotes. Mas esse controle sobre como e quando ele é exposto para consumo público pode escapar inteiramente das mãos dos Cambridges – e rápido. Como evitar que alguém o filme em cada festa? Como garantir que sua primeira cerveja, cigarro ou beijo ilícito não acabem no YouTube?”, concluiu sobre o futuro de George.