Luciano Szafir fala sobre sintomas da covid-19 na terceira vez de contaminação com o vírus

O ator e empresário disse estar bem e pretende remover a bolsa de colostomia em breve

Resumo da Notícia

  • Luciano Szafir é pai de Sasha Meneghel, Mikael e David Szafir
  • Ele foi contaminado pelo vírus da Covid-19 3 vezes
  • Dessa vez ele não precisou ser hospitalizado e está se recuperando

Luciano Szafir, de 53 anos de idade, está enfrentando os sintomas da covid-19, na terceira vez de contaminação com o vírus. O ator e empresário é pai de Sasha Meneghel, fruto do antigo relacionamento com Xuxa. Atualmente ele está casado com luhanna melloni, com quem tem os filhos Mikael e David Szafir.

-Publicidade-
Luciano está enfrentando a Covid-19 pela terceira vez
Luciano está enfrentando a Covid-19 pela terceira vez (Foto: reprodução / Instagram)

Em entrevista ao portal F5, Luciano disse estar bem no fim do ciclo de contaminação, e em breve deve remover a bolsa de colostomia. “Eu já estou no final [do isolamento]. Eu só tive algumas dores de cabeça, às vezes um pouquinho mais fortes, mas foram mais brandas. Não tive febre, não tive dor no corpo ou qualquer outro sintoma”, falou.

Em junho de 2021, o ator ficou internado por conta da Covid-19 e ficou mais de um mês no hospital devido a complicações, como uma embolia pulmonar. Ele também precisou realizar uma cirurgia de emergência no intestino e passou por um sangramento no lugar da colostomia, necessária devido ao problema intestinal.

Luciano Szafir disse que já está bem
Luciano Szafir disse que já está bem (Foto: reprodução / Instagram @szafiroficial)

Na terceira vez em que contraiu a doença, o ator não precisou ser hospitalizado. “Descobri [que estava com a doença] porque eu fui fazer o exame de colonoscopia para poder retirar a bolsa se estiver tudo em ordem. Tive de fazer um PCR para entrar no hospital e foi assim que eu descobri. Foi bem tranquilo”, disse.

Ele acredita que logo logo deve retirar a bolsa presa ao seu abdome. “Vai depender dos médicos e do exame de colonoscopia. Tomara que dê para tirar. É o que menos me incomoda, para falar a verdade. Não vou mentir que é muito melhor estar sem bolsa de colostomia, mas, só o fato de estar vivo, já valeu”, disse.