Mãe dá à luz em casa horas após médicos afirmarem que ela estava com 6 semanas de gestação

O nascimento de Piper Summersgill foi uma surpresa para a mãe Erin Hogg, de 20 anos, depois dela ser dispensada do hospital pelos profissionais de saúde

Resumo da Notícia

  • Uma mulher tomou um susto ao entrar em trabalho de parto em casa
  • Ela havia procurado o hospital horas antes, mas foi liberada pelos médicos
  • De acordo com os profissionais de saúde, ela estava entre a 6ª a 8ª semana de gestação

Erin Hogg, de 20 anos, deu à luz em casa algumas horas depois de ser liberada do hospital. A mulher procurou o serviço, após sentir um desconforto, mas lá os médicos disseram que ela estava com 6 a 8 semanas de gravidez e poderia voltar tranquila.

-Publicidade-
Uma mulher de 20 anos pariu em casa, depois de ser dispensada do hospital pelos médicos horas antes (Foto: reprodução/Splash)

Depois dos médicos garantirem que não havia nada errado, na manhã seguinte da visita, a mulher ligou para o número de emergência ao estar passando por uma dor excruciante. Foram 15 minutos para a ambulância chegar.

Logo que os profissionais chegaram, ela correu para o banheiro. Foi enquanto gritava por ajuda do parceiro, Karl, no meio do caminho para descer as escadas, ela lembrou em entrevista ao Eastern Daily Press: “Eu coloquei minha mão mais embaixo e tudo o que senti foi a cabeça de um bebê“.

Foi assim que Piper Summersgill veio ao mundo no dia 10 de agosto. Erin saiu correndo para o hospital e ainda precisou de transfusão de sangue, por conta da perda que teve durante o trabalho de parto. A mulher confessou a surpresa com a situação, uma vez que o primogênito havia nascido 15 meses antes.

“Eu não senti chutes, não tive sintomas de gravidez e ainda tinha meu período menstrual regular”, explica. Por fim, a mulher ainda agradeceu a ambulância por toda a assistência embora reclamou da abordagem médica e questionou o que deu errado para enviarem ela para casa.