Mãe é alvo de críticas após fazer pegadinha de Natal “pesada” com o filho

Ela decidiu compartilhar uma brincadeira que havia feito com o garoto nas redes sociais e, ainda, revelou que ele chegou a chorar. Depois dos comentários, ela voltou para se explicar

Resumo da Notícia

  • Mãe é alvo de críticas após fazer pegadinha de Natal "pesada" com o filho
  • Ela compartilhou a brincadeira nas redes sociais
  • Veja o que ela fez

Uma mãe virou alvo de críticas nas redes sociais depois de deixar o filho “traumatizado” com uma pegadinha que fez. Tanya Lee, de 30 anos, admitiu que poderia paracer “uma mãe ruim” depois de ter convencido o filho Oscar, de 5 anos, de que o brinquedo do Grinch havia comido um elfo que estava escondido nas prateleiras da cozinha. Depois disso, o garoto chorou por meia hora e agora não confia mais no Grinch, mantendo-o sempre longe da cozinha.

-Publicidade-
Os internautas a criticaram pela brincadeira (Foto: reprodução Mirror)

A foto, compartilhada por ela no Facebook, mostra restos de ossos de um frando assado, formando um esqueleto coberto de ‘sangue’ – que também pode ser chamado de ketchup. Ao lado da cena do crime, a mãe colocou o brinquedo do Grinch, segurando talheres como se tivesse acabado de devorar o elfo.

“Tínhamos comido frango assado no domingo e os ossos deixaram um esqueleto em forma de elfo perfeito, então pensei em fazer essa piada com Oscar. Eu fui em frente e deixei o esqueleto de fora como se o Grinch tivesse comido o elfo que estava na prateleira”, começou contando, ao jornal britânico Mirror. “Mas meu filho chorou e chorou. Ele chorou por meia hora. Suas primeiras palavras depois foram ‘o Grinch não deveria tê-la comido. O Grinch não pode comê-la’. Eu tive que abrir o armário e mostrar a ele que o elfo estava realmente se escondendo e que era apenas uma piadinha boba”, completou.

-Publicidade-

“Ele estava traumatizado, mas eu achei hilário. Ele ficou aliviado quando descobriu, mas ainda não vai olhar para o brinquedo Grinch. Toda vez que coloco o elfo perto do Grinch agora, ele o afasta. Ele sabe que não tem permissão para tocar no elfo, mas move o Grinch porque pensa que o Grinch vai comer o elfo novamente”, completou.

Embora Tanya tivesse contado que riu muito com a brincadeira, ela se transformou em alvo de críticas nas redes sociais depois que decidiu compartilhar a história no Facebook. O post foi comentado, inclusive, por pessoas que a mãe não conhece.  “Isso é um pouco cruel. Você não deveria fazer isso”, escreveu um internauta, “Não estou surpreso que ele tenha ficado traumatizado. Não é uma piada bonita para uma criança”, comentou outro.

Ela publicou a foto nas redes sociais (Foto: reprodução Mirror)

Mas a mãe decidiu se explicar e contou que coloca o elfo na prateleira todos os anos desde 2017. “Foi engraçado. Eu ri muito disso. Não achei que ele reagisse assim, mas ainda é engraçado. Eu sei que provavelmente soa como se eu fosse uma péssima mãe, mas foi muito engraçado. Ele é meu filho no final do dia e se eu acho que ele pode lidar com isso, então eu farei isso. Ele pode lidar com isso. Eu dei à luz meu filho, então eu conheço meu filho. Ele estava bem com isso. Ele chorou um pouco, mas ficou bem depois disso. Não me importo com alguns comentários negativos”, escreveu ela.

Colocar o elfo na prateleira se tornou uma tradição para muitas famílias do Reino Unido todo Natal nos últimos 10 anos. Ela foi criada para incentivar um bom comportamento antes do dia do natal. Os pais dizem aos filhos que o elfo ficará de olho neles e informará ao Papai Noel todas as noites quem foi bom ou mau, voltando pela manhã para um novo lugar na casa.