Merenda em casa: governador de SP libera ajuda para mais de 222 mil estudantes e te explicamos como funciona

O dinheiro pago é referente ao benefício para o mês de abril. Veja o anúncio de João Dória, que governa o Estado de São Paulo

Resumo da Notícia

  • João Doria anunciou que estudantes vão receber o auxilio para o mês de abril
  • 222,7 mil estudantes da rede estadual vão receber o equivalente a R$ 55
  • O dinheiro pode ser retirado via aplicativo no celular
Merenda em Casa vai auxiliar estudantes da rede estadual durante quarentena (Foto: Getty Images)

Na última quarta-feira, 8 de abril, o Governador do estado de São Paulo, João Doria confirmou o primeiro pagamento aos estudantes da rede estadual, referente ao auxilio Merenda em Casa. 222,7 mil alunos receberam R$ 55 mensais destinado para compra de alimentos.

O projeto nasceu uma vez que todas as escolas do estado foram fechadas, em função de seguir as recomendações do Ministério da Saúde de se manter em isolamento social. As aglomerações de crianças e adolescentes nas escolas significava uma grande chance da transmissão do novo vírus, no entanto muitas delas que sofrem com condições financeiras dentro de casa, se alimentavam somente dentro da escola.

“Esta ação representa um investimento de R$ 40 milhões em abril e mais R$ 40 milhões em maio. Neste momento a decisão é para atender 60 dias, mas se necessário for, dadas as circunstâncias e seguindo a orientação médica, nós poderemos estender por um período ainda maior”, disse Doria, que ainda explicou que o dinheiro será recebido por meio do aplicativo para smartphone, PicPay. O responsável pelo aluno deve baixar e se cadastrar na plataforma digital, para poder receber o auxilio. 

“Não permitiremos a cobrança de nenhum tipo de taxa dessas pessoas. Então a própria PicPay vai garantir o pagamento de todas as taxas. Se a pessoa decidir transferir para a sua conta, a taxa bancária será bancada pela PicPay. Se resolver sacar no banco 24 horas, a taxa cobrada será paga também pela PicPay. Isso foi uma condição colocada para que o dinheiro público e o dinheiro dos parceiros sejam utilizados integralmente pelas pessoas”, concluiu Rossieli Soares, Secretário de Estado da Educação. 

Agora, você pode receber notícias da Pais&Filhos direto no seu WhatsApp. Para fazer parte do nosso canal CLIQUE AQUI!