Pai conta como episódio de “The Office” salvou a filha de 4 anos de um ataque cardíaco

Matt Uber contou que não conseguiu pensar em outra coisa que não fosse um episódio específico do seriado – no qual os personagens estão em uma aula de primeiros socorros. A menina segue bem e saudável

Resumo da Notícia

  • Matt Uber revelou que o seriado "The Office" foi o responsável por salvar a filha Vera, de 4 anos, de um ataque cardíaco
  • Segundo o pai, a família estava brincando quando a menina caiu no chão e bateu a cabeça - e ele percebeu que algo estava errado
  • Em um episódio chamado "Stress Relief", o personagem Michael Scott aprende a fazer uma reanimação cardiorrespiratória no ritmo do hit "Stayin' Alive", do BeeGees
  • Matt revela que usou a estratégia na menina - que está bem e saudável

Matt Uber não imaginava que o seu amor pelo seriado “The Office” – exibido de 2005 à 2013 pela NBC – seria capaz de salvar a vida de sua filha Vera, de 4 anos. O pai relata que a filha desmaiou na sala de casa após uma brincadeira. Uber conta, então, que utilizou uma técnica de reanimação cardiorrespiratória ensinada em um episódio do programa – e agora a filha segue bem e saudável!

-Publicidade-

Em um episódio chamado “First Aid Fail”, Michael Scott – o personagem de Steve Carell – aprende a massagem utilizada pelo pai em uma aula de primeiros socorros promovida para os integrantes da empresa. A técnica consiste em realizar o procedimento ao ritmo do hit “Stayin’ Alive”, do grupo musical BeeGees. Mesmo reproduzida em uma série de comédia, a massagem salvou a vida de Vera.

A massagem cardíaca foi capaz de reanimar a menina (Foto: Reprodução/ Youtube)

Sobre o incidente, Matt contou em entrevista à NBC que não foi capaz de pensar em outro momento que não fosse o episódio em questão. “Quando eu estava pensando no que sabia sobre reanimação, minha cabeça foi direto para o episódio”, declarou. Ele não tinha nenhuma experiência com primeiros socorros – e detalhou o momento que encontrou a menina desmaiada.

“Ela se enrolou em um canto. Eu assumi que ela tinha tropeçado e batido a cabeça. Quando peguei ela do chão, os olhos dela estavam meio que para trás”, relata. Após ida ao hospital, a menina segue bem e saudável – mas foi diagnosticada com uma rara condição que causa arritmia em crianças – e que Vera tinha sido vítima de um ataque cardíaco. Confira a cena!