Pamella Holanda explica decisão de colocar câmeras em casa após nascimento da filha com DJ Ivis

A influencer contou porque tinha câmera na sala de casa – e o motivo chocou os telespectadores

Resumo da Notícia

  • Pamella Holanda contou porque tinha câmeras de segurança na sala de casa no programa Encontro
  • Os vídeos registrados pela câmera foram divulgados no Instagram da influencer
  • Neles, Pamella aparece levando socos, chutes e tapas do ex-marido DJ Ivis - na frente da filha do casal
  • Ela ainda deu detalhes da vida que levava ao lado de Ivis

Pamella Holanda contou porque mantinha câmeras de segurança na sala de casa durante o tempo em que viveu com DJ Ivis. Segundo ela, sabendo do comportamento explosivo, impaciente e agressivo do ex-marido, ela decidiu instalar o aparelho dentro de casa para a segurança de Mel – atualmente com 9 meses. Ela contou detalhes da situação no programa Encontro nesta terça-feira, 13 de julho.

-Publicidade-

“Vejo as imagens e não acredito que é comigo”, contou, sobre os vídeos divulgados. “Eu acreditava que o temperamento dele era aquele, acreditava que ele era assim”. Pamella chegou a revelar que foi agredida pela primeira vez quando ainda estava grávida. Sobre um dos vídeos – em que é agredida na presença da mãe – ela ainda contou que estava diagnosticada com covid-19.

“A Mel tinha um mês e quinze dias, eu estava com Covid, isolada, e todos os médicos me aconselhavam a amamentar, isso foi em dezembro. E aí saí do quarto para poder amamentar e ele [DJ Ivis] não queria porque disse que eu ia passar Covid para a neném. É a minha mãe no vídeo e ela não esboça nenhuma reação por medo dele”, desabafou.

Pamella conta que sempre teve medo do marido (Foto: Reprodução / Diário do Nordeste)

Pamella ainda contou que a mãe sabia que o marido da filha era um tanto impaciente, mas só soube das agressões quando as presenciou ao vivo. “Ela soube presenciando, com o comportamento dele, sempre muito impaciente, intolerante. Ele não aceitava ser contrariado e ela já tinha presenciado antes. Nas imagens ela só coloca a mão na cabeça e diz: ‘vou acabar morrendo vendo isso'”, contou.

“O segundo [vídeo], em que ele me bate em cima do sofá, foi em fevereiro”, contou a mãe de Mel, que sempre teve medo de Ivis. “Eu tinha medo dele e tenho até hoje. O medo também dificultou a denúncia. Tanto o medo quanto a questão da dependência financeira. Como eu ia sair daquele relacionamento? Eu não tinha nenhum tipo de reserva”, declarou.

Diversos famosos demonstraram apoio à Pamella nas redes sociais. Nathalia Dill falou sobre o assunto: “Rolando meu feed fui invadida por uma cena grotesca. É tanta brutalidade que meu estômago revirou. O tal DJ (que graças a Deus nunca ouvi falar) agredia uma mulher, uma mãe, no puerpério, enquanto ela tentava proteger o bebê. A imagem fica em looping na minha cabeça. Que horror. Que esse delinquente arque com as consequências dessa violência”, escreveu ela. Além dela, Ludmilla, Luiza Sonza, Cleo Pires, Tatá Werneck, Camila Pitanga, Gil do Vigor, Juliette, Simone e Simaria foram alguns dos nomes que se posicionaram a favor da mãe.