São Paulo irá vacinar idosos de 70 e 71 anos contra covid-19: veja as datas de imunização

Durante uma coletiva de imprensa, o governador João Doria informou uma nova data para a vacinação de idosos em todo o estado de São Paulo, além de comentar sobre a entrega de mais doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde

Resumo da Notícia

  • Hoje, o Instituto Butantan entregou mais 3,3 milhões de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde
  • Idosos de 70 e 71 anos serão vacinados daqui 15 dias em todo o estado de São Paulo
  • Será inaugurado mais um hospital de campanha no centro da capital paulista

Nesta segunda-feira, 15 de março, o governo do estado de São Paulo realizou uma coletiva de imprensa para falar sobre a situação do novo coronavírus, além de informar sobre a vacinação de idosos e também da entrega das doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde.

-Publicidade-
Idosos de 70 e 71 anos serão vacinados daqui 15 dias em todo o estado de São Paulo (Foto: Freepick)

Na próxima segunda-feira, 22 de março, os idosos de 72, 73 e 74 anos começam a ser vacinados. Já no dia 29 de março, entram no calendário também a população de 70 e 71 anos de idade em todo o estado de São Paulo. Além disso, o Instituto Butantan entregou ao Plano Nacional de Imunização do Ministério da Saúde um total de 3,3 milhões de doses.

Novo hospital de campanha em São Paulo

No centro da cidade de São Paulo, o governador João Doria anunciou a abertura de um novo hospital de campanha, que será localizado no bairro de Santa Cecília. Nele, serão disponibilizados um total de 180 leitos covid, sendo assim 130 de enfermaria e os outros 50 para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Fase emergencial começa hoje em São Paulo

Na quinta-feira, 11 de março, São Paulo anunciou a fase emergencial, que é ainda mais restritiva que a vermelha. A medida passa a valer hoje em todo o estado. As atividades suspensas são: serviços de retirada, celebrações religiosas, atividades esportivas coletivas, lojas de materiais de construção. Além disso, o tele-trabalho será obrigatório para atividades administrativas não emergenciais, tanto para órgãos públicos, como escritórios.

Não será autorizado também serviços de retirada de alimentos e produtos nos estabelecimentos. O serviço de drive-thru só poderá funcionar das 05h às 20h e delivery 24h para restaurantes e outros estabelecimentos comerciais.